Serão homenageadas até três iniciativas brasileiras. Lançamento foi realizado durante Semana de Inovação e inscrições começam dia 30 de novembro


Iniciativas públicas desenvolvidas a partir de pesquisas científicas podem participar da seleção para o Prêmio Evidência, que reconhecerá a interação entre ciência e gestão pública. Serão premiados até três trabalhos, realizados em território nacional, já finalizados nos últimos 24 meses ou em andamento. Podem concorrer órgãos e entidades das três esferas de governo – federal, estadual e municipal –, tanto da administração pública direta quanto da indireta. O lançamento ocorreu nesta quinta-feira (19), durante a Semana de Inovação 2020. O edital já está disponível e as inscrições serão abertas no dia 30 de novembro.

Prêmio

“Para nós é uma prioridade avançar no uso de evidências no setor público, de uma forma realista e viável, para que as nossas decisões sejam melhor embasadas”, destacou Diogo Costa, presidente da Escola Nacional de Administração Pública (Enap).

Os vencedores receberão certificados com reconhecimento da excelência das políticas públicas desenvolvidas. A organização do concurso custeará despesas com passagens e diárias de um representante de cada projeto contemplado, para participação no evento de premiação. Além disso, entre as propostas habilitadas no processo de seleção, uma será agraciada com o Troféu IMDS. O troféu foi desenvolvido para valorizar iniciativas focadas no aumento da mobilidade social e na redução da desigualdade de oportunidades – com especial atenção para o uso de ferramentas e tecnologias sociais que tenham potencial para transformar de maneira permanente a vida dos beneficiários do programa.

“Esse prêmio é fruto de um longo processo de amadurecimento, não apenas das instituições, mas também da sociedade, que percebeu a necessidade de termos políticas públicas mais bem formuladas, desenhadas e eficientes”, esclareceu Paulo Tafner, presidente do Instituto Mobilidade e Desenvolvimento Social (IMDS).

O Prêmio Evidência e o Troféu IMDS são promovidos pela Enap, Centro de Aprendizagem em Resultados de Avaliação da Fundação Getúlio Vargas (FGV EESP Clear) e IMDS.

Mini Evaluation Camp

Outra ação focada no uso de evidências para a promulgação de políticas públicas durante a Semana de Inovação foi a realização do curso Mini Evaluation Camp. As aulas foram ministradas para profissionais que trabalham diretamente ou no apoio à formulação e gestão de políticas públicas – servidores de todas as esferas, colaboradores do terceiro setor, de universidades e institutos de pesquisa. Foi realizado um exercício conjunto, em que grupos construíram um modelo lógico a partir de um problema escolhido, definiram indicadores para monitoramento e elaboraram propostas de avaliação. Essas propostas foram apresentadas e analisadas pelos organizadores do curso.

Palavras-chave:

Conteúdo relacionado

Enap divulga resultado de concurso cultural de bolsas de estudo para Dinamarca e kits exclusivos

Os vencedores participaram de gamificação durante a Semana de Inovação e serão contatados individualmente pela produção do evento

Publicado em:
23/11/2020
Feira reversa trouxe cinco problemas públicos em busca de soluções

O objetivo é conectar desafios públicos em tecnologia a potenciais soluções; conheça 

Publicado em:
23/11/2020
Especialistas debatem os papéis do estado e da iniciativa privada na educação básica

Painel contou com a participação de especialistas com visões e reflexos sobre a  educação nos próximos anos

Publicado em:
18/11/2020
Especialistas discutem melhores práticas para ambiente de trabalho

“O Papel dos Servidores Públicos na Construção de Futuros Possíveis”, o painel da Arena Futuros reuniu Wagner Lenhart, Guilherme Coelho, Leany Lemos e Lisa Witter

Publicado em:
18/11/2020