Palestrantes discutem entraves à aplicação de novas tecnologias no setor público

A reta final da Semana da Inovação 2022 foi marcada por debates sobre redes blockchains, sistema de gestão e o desenvolvimento da infraestrutura digital. Os palestrantes abordaram, no Palco Holofote, os desafios para a aplicação de soluções inovadoras na administração pública.

A auditora Fabi Ruas, do Tribunal de Contas da União (TCU), abordou o tema Quer inovar com o TCU e o BNDES? Venha conhecer a Rede Blockchain Brasil. “Todas as transações que acontecem na base de dados são registradas em blocos, que recebem um código matemático único, uma identidade digital que faz os blocos serem organizados em cadeia.” “Todos os nós que fazem parte dessa rede sabem tudo que aconteceu na rede. Isso leva, então, a uma possibilidade de existir uma solução que você não precisa de uma entidade centralizadora para garantir a segurança do que está registrada ali. Ou seja, pode existir controle sem uma entidade que controla”, afirma.

Segundo Fabi Ruas, no ano passado, o TCU recebeu um convite, por meio de um acordo de cooperação, para criar a primeira rede pública para estimular o uso de blockchain pela administração pública, em parceria com a iniciativa privada.”Nós ainda não temos o uso concreto da tecnologia blockchain. Mas isso não impediu de a gente entender que a tecnologia é importante. A transparência, a eficiência, a desburocratização e a segurança que a tecnologia blockchain traz vão ajudar o TCU a entregar mais valor para o cidadão”, completa.

Já Ivanilda Amado Cardoso, do Instituto Unibanco, abordou o tema Sistema de Gestão para a equidade racial. Ela falou sobre o Dia da Consciência Negra, a primeira mulher negra no Conselho Nacional de Educação, entre outros marcos históricos. “Os nossos passos vêm de longe, não é a lei imposta de cima para baixo. É resultado da luta histórica da sociedade civil, de educadores, de especialistas, de pesquisadores e grupos acadêmicos de diferentes universidades.”

Em seguida, Ivanilda detalhou como funciona o sistema de equidade racial. “É um guia para fortalecer os marcos legais de promoção da equidade racial no contexto escolar e tem como objetivo fornecer um repertório teórico e de práticas que dialoga com debate das relações raciais no Brasil”, comentou. “Eixos são formados por competências, e o sistema vai analisando cada competência, fazendo a leitura sintética, leitura criteriosa e atenciosa de cada uma delas, identificando junto a seus pares se a escola está numa situação frágil”, completou.

Por fim, Fábio Hideki Ono, da Secretaria de Desenvolvimento da Infraestrutura do Ministério da Economia, abordou o tema Infratech: Infraestrutura digital do futuro. Ono ressaltou a importância de olhar para elementos legislativos e regulatórios. “É fundamental ter uma legislação e planos em diversos níveis — federal, estaduais e municipais — que favorecem esse olhar para a infraestrutura e que se possa já desde o início prever a utilização de tecnologia de inovação nessas aplicações”, afirmou. Segundo Ono, já houve algumas melhorias como, por exemplo, com o marco das startups trazendo oportunidade de compras de inovação pelos governos. 

Sobre a Semana de Inovação

A Semana de Inovação tem como objetivo reunir os principais especialistas do setor para promover debates e troca de experiências sobre iniciativas de uso de tecnologias, metodologias e processos para melhorar o serviço público brasileiro. É um evento que tem como realizadores: Escola Nacional de Administração Pública (Enap), Tribunal de Contas da União (TCU), Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (Flacso) e Ministério da Economia. Além da correalização do Ministério da Saúde, do SUS, do Ministério da Educação, da Funasa, do Inep, da Fundação Joaquim Nabuco e da Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI).

Em 2022 o evento chega a sua oitava edição. Com o tema “Tempo de criar”, a Semana de Inovação 2022 acontece entre os dias 8 e 10 de agosto em formato híbrido, on-line e presencial em Brasília, no Rio de Janeiro e em Recife. Dataprev, Serpro, Adaps, Sebrae, BID, Cateno, 99, Gringo, Microsoft, Nic.Br, CGI.Br e Zoom já são patrocinadores desta jornada! Além do apoio da República, ABDI, Eldorado, Museu de Arte do Rio, Wylinka, IFood, Catálise, Instituto Unibanco, Lab Griô e Porto Digital. 

Palavras-chave:

Conteúdo relacionado

Evento na próxima segunda-feira (12) fortalece a temática de inovação

Realizado na Enap, o “GNova Celebra” reúne ecossistemas de inovação no setor público e promove iniciativas inovadoras

Publicado em:
07/12/2022
Economia circular pode reduzir em até 40% as emissões de baixo carbono até 2050

Palestra sobre o tema abordou como soluções circulares são necessárias para lidar com emissões geradas pela indústria

Publicado em:
11/08/2022
Enap apresenta agenda de futuros para o Brasil

Documento foi apresentado no encerramento da Semana de Inovação e traz propostas de ações nas áreas de sustentabilidade, infraestrutura e progresso econômico

Publicado em:
10/08/2022
Oficinas de programação web movimentam Semana de Inovação

Cursos encorajam gestores a entender mais sobre tecnologia para aperfeiçoar contratação de serviços 

Publicado em:
10/08/2022