A Diretoria de Inovação - GNova oferece assessoria técnica a outras instituições governamentais na construção colaborativa de soluções para problemas públicos, na formulação e implementação de políticas públicas e na elaboração de estratégias organizacionais. O trabalho se dá por meio de projetos de transformação governamental, desenhados sob medida a partir dos objetivos da instituição parceira e da natureza do desafio público colocado. As atividades, metodologias, abordagens e ferramentas são selecionadas de forma customizada, podendo utilizar técnicas analítico-preditivas, design thinking, metodologias ágeis, entre outras.

O desenvolvimento das soluções para transformação em governo acontece a partir de oficinas colaborativas e atividades de imersão na realidade dos usuários dos serviços públicos. Com apoio do time do GNova Transforma e de seus facilitadores, a equipe do projeto amplia o entendimento do problema, acessa a perspectiva dos cidadãos beneficiários, consulta especialistas, cocria soluções, desenvolve e testa protótipos, implementa pilotos, desenvolve estratégias de implementação, planeja e define prioridades, avalia resultados e aprende muito. Além de construir soluções para os desafios trazidos, os projetos de transformação governamental desenvolvem competências nas equipes das organizações envolvidas, gerando capacidades para enquadrar e resolver problemas. 

As estratégias e soluções para os desafios públicos são construídas com base nos seguintes princípios:

  • Forma colaborativa;
  • Empatia e foco no usuário;
  • Abordagens ativas e inovadoras;
  • Com base em evidências; 
  • Abertura ao risco e ao aprendizado;
  • Geração de valor público.

Eixos de atuação

Há dois eixos principais de atuação: i) construção colaborativa de soluções para desafios públicos; e ii) desenho colaborativo de estratégias organizacionais.

Construção colaborativa de soluções para desafios públicos 
Desenho colaborativo de estratégias organizacionais 

 Nas construções colaborativas relacionadas ao eixo de soluções para desafios e problemas públicos a adoção da abordagem do design thinking é preponderante, podendo ser conjugada com outras metodologias e técnicas, como abordagens ágeis, design etnográfico e design de sistemas, a depender dos objetivos e entregas de cada projeto. Os processos colaborativos se voltam tipicamente à definição e enquadramento de problemas públicos, levantamento e teste de suposições, imersão em campo, ideação, prototipagem e teste de solução.

Os projetos são conduzidos com engajamento do corpo técnico e dirigente do órgão demandante, além da escuta de outras partes interessadas.

Engloba serviços de assessoria técnica para elaboração de estratégias organizacionais e de desenvolvimento institucional.  Comumente se utiliza de metodologias como Balanced Scorecard (BSC), Planejamento Estratégico Situacional (PES) e Modelo Lógico.

Os produtos são desenvolvidos de forma colaborativa, com engajamento do corpo dirigente. 

 Principais produtos:

  • Redesenho de serviços com base na experiência do usuário
  • Mapeamento de jornada e experiência do usuário de serviços presenciais e digitais
  • Prototipagem e desenho de produto com viabilidade mínima - MVP 
  • Teste de aplicativos, sites e portais
  • Apoio à implementação de soluções
  • Insumos para a formulação de políticas ou programas
  • Estratégias de implementação relacionadas a políticas setoriais
  • Formulação de estratégias, políticas ou programas transversais 
  • Implementação de pilotos de políticas públicas
  • Enquadramento de problema
  • Imersão em campo e pesquisa com partes interessadas 

Principais produtos:

  • Alinhamento estratégico
  • Construção de cenários
  • Mapa de atores
  • Mapa estratégico
  • Cadeia de valor
  • Metas e indicadores
  • Portfólio de projetos
  • Carteira de entregas estratégicas
  • Concepção de projeto (com base em canvas de projetos)
  • Matriz de responsabilidades
  • Análise de riscos
  • Planos de ação 
  • Estruturas de coordenação e governança de políticas e programas
  • Estrutura de monitoramento 

Por conta da grande demanda, a Enap prioriza o atendimento de demandas de planejamento formuladas por ministérios, secretarias especiais ou autarquias. Não atendemos demandas de planejamento circunscritas a uma área de uma organização, tais como sub-secretarias, diretorias e superintendências.  

Chamadas de projetos 

 

 

Conteúdo relacionado

Enap apoia aprimoramento de estratégias para monitorar políticas educacionais durante a pandemia

Parceria com o FNDE permitirá melhorar o acompanhamento de programas que atendem escolas de educação básica em todo o país

Publicado em:
25/05/2021
Planejamento estratégico? O Iphan agora tem o seu

Trabalho em parceria com a Enap busca aprimorar gestão e dar novos usos e ocupações ao patrimônio histórico brasileiro

Publicado em:
18/05/2021
Enap contribui com Inmetro para melhorar a  qualidade de testes rápidos para Covid

Associações, laboratórios e empresas ligadas ao setor se reúnem hoje para conhecer o novo projeto do Inmetro

Publicado em:
02/05/2021
Confira o resultado da primeira etapa da chamada de projetos de transformação com foco na pandemia

Projetos selecionados atuam na mitigação de efeitos da pandemia de Covid-19

Publicado em:
17/09/2020