Durante três dias, foram mais de 500 horas de programação para cerca de 15 mil pessoas no presencial e virtual

A utilização da Inteligência Artificial, seus desafios éticos, de segurança de dados e o viés de etarismo, posição social e gênero e raça foram os temas-chave do painel Ética e Consciência no uso da Inteligência Artificial (IA), realizado ontem, último dia da Semana de Inovação 2023, na Escola Nacional de Administração Pública (ENAP). Mais de 15 mil pessoas participaram desta nona edição, e, desde 2020, quando começou a programação online, mais de 43 mil pessoas participaram do evento considerado o maior de inovação pública da América Latina.

O painel foi capitaneado pelo engenheiro de produção, empreendedor tecnológico com base em IA, Fernando Aimone, e pela psicóloga Bianca Morioka, especialista em psicologia analítica, com moderação do cientista político Pedro Masson, coordenador-geral de Ciências de Dados da Diretoria de Altos Estudos da Enap.

Os participantes discutiram a necessidade da regulamentação da IA. Bianca reforçou que é essencial que os desenvolvedores e usuários considerem a ética em todas as fases dos projetos para garantir transparência e evitar vieses controversos, assim como assumir responsabilidade pelos resultados produzidos. “A ética na IA não envolve apenas considerações morais, mas desempenha papel essencial na prevenção de impactos negativos e na garantia de que a tecnologia seja responsável e benéfica para a sociedade”, ressaltou.

A psicóloga disse ainda: “no Brasil quando for decidido o que fazer a respeito da legislação da IA, a questão é o que nós aceitaremos e que critérios serão utilizados para isso.  

O engenheiro de produção complementou que “mais do que nunca, nós temos de criar consciência digital, e, para isso, as pessoas precisam investir em educação digital. Esta poderia ser uma premissa do Governo, porque não conseguiremos evitar que um problema chegue ao consumidor final de IA, como, por exemplo, a disseminação de fake news”. Ele explica que, ao longo do tempo, tem observado que uma das características da regulamentação sadia é a transparência, além de uma regulação madura do ponto de vista tecnológico. 

Marco Legal de startups e desafios da Amazônia

Outro ponto alto desta quinta-feira foi a palestra do procurador do Estado de São Paulo, Rafael Fassio, no Palco Experiência, sobre o marco legal de startups para cidades inteligentes, sob o ponto de vista do papel do poder público para desenvolver cidades mais inclusivas, inovadoras e tecnológicas. A economista Sandra Sinde também esteve presente ontem no evento, falando sobre a implementação de inovações tecnológicas para evolução do serviço público.
 

Maior evento de inovação pública da América Latina

53317054336 b1175ec097 oComo não podia deixar de ser, debates sobre tendências e inovação estiveram muito presentes nessas mais de 500 horas de programação divididas entre atividades presenciais e virtuais, ações de gamificação, além de um espaço de networking, atividades culturais, oficinas e outras ações. Discussões sobre servidor 4.0, Chat GPT para formulação de políticas públicas, Afrofuturismo, O Brasil que cuida e Tecnologia Social foram alguns dos exemplos desta programação plural.

Grandes nomes passaram pela Enap nesses últimos três dias, como Maha Mamo, Gabriela Lotta, Preto Zezé, Rita von Hunty, Maitê Lourenço e Mayra Casttro. A fundadora do InvestAmazônia foi uma das palestrantes de ontem, e reforçou para os presentes o que é a Amazônia de dentro para fora: um lugar propositivo, inovador, capaz de compartilhar soluções e tendências em nível mundial.

Ontem teve também a divulgação do já tradicional Prêmio de Inovação do Setor Público no auditório Inspira.Este ano, houve 23 iniciativas finalistas de governos federais, estaduais, municipais e consórcios intermunicipais com mais de 200 mil habitantes. Veja a lista completa aqui

A SI teve ainda a presença do icônico Zé Gotinha, em comemoração aos 50 anos do Plano Nacional de Imunização, apresentações culturais, premiações, lançamentos e exposições sensoriais. Com o tema Reconectar para Reconstruir, o evento cumpriu seu papel ao oferecer aos milhares de participantes uma programação diversa e enriquecedora. 

Sobre a Semana:

A Semana de Inovação 2023 é realizada pela Enap em parceria com a Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (Flacso), o Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI) e o Tribunal de Contas da União (TCU). O evento conta com o patrocínio da Dataprev, da Petrobras, do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br), do Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br), do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), do Instituto Unibanco, da Microsoft, da CAIXA, do Banco do Nordeste e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e a colaboração do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, do Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional, da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e da Anatel.

Tem também o apoio do Banco do Brasil, do Instituto Eldorado, da Embaixada da Dinamarca, da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), do Banco de Desenvolvimento da América Latina e Caribe (CAF),da Associação Nacional das Associações de Fiscais de Tributos Estaduais (Febrafite) e a participação de diversas instituições do Governo Federal, de organismos internacionais, de grupos da sociedade civil e de representantes do setor privado.

53322784123 3e88354274 o

Conteúdo relacionado

4º Jornada de Inovação Cidades que Transformam avança em mais uma etapa

As cinco equipes municipais integrantes desta edição participarão de oficinas e apresentarão uma ideia de solução a ser desenhada e testada na próxima fase da jornada 

Publicado em:
29/01/2024
Ano de 2023 marca a história da Enap

Em um ano de reconstrução, a Escola teve recorde de inscrições nos cursos à distância, capacitações inéditas para pessoas negras, auditório novo e muito mais! Confira!  

Publicado em:
15/01/2024
Conheça os vencedores do VIII Prêmio do Serviço Florestal Brasileiro

Concurso de monografias com apoio da Enap fomenta a produção de conhecimento na área florestal

Publicado em:
25/12/2023
GNova finaliza módulo I do CoLabs com apresentação das equipes

As 20 equipes que estão desenvolvendo seus laboratórios no projeto realizaram a primeira apresentação de suas conquistas

Publicado em:
14/12/2023