Depois de completar uma formação, servidor tem mais possibilidade de ocupar cargo melhor e aumentar remuneração, segundo estudo

Investir em capacitação traz retorno positivo para a administração pública e para os próprios servidores. Uma pesquisa mostrou que as pessoas que se dedicaram a cursos e profissionalizações recebem uma remuneração mais alta e viram crescer sua chance de promoção na carreira. Essas e outras conclusões estão no estudo Impacto da qualificação nas trajetórias profissionais dos servidores públicos federais, realizado pela Escola Nacional de Administração Pública (Enap).

Análises feitas no estudo demonstraram que, depois de completar uma formação adicional, o servidor apresenta maior chance de ocupar um cargo diferente e de mudar de órgão. Além disso, servidores que completaram um curso na Enap ou na Escola Virtual de Governo (EV.G) recebem uma remuneração, em média, 2% mais alta.

“Diante dos resultados é recomendável manter ou aumentar a oferta de cursos da EV.G e Enap para que a modernização da administração pública prossiga”, afirma o autor do estudo e professor da Universidade Católica de Brasília, Philipp Ehrl. 

Ao analisar o comportamento dos dados ao longo do tempo, foi possível perceber que a EV.G registrou um aumento nas matrículas superior a 2.200% entre 2014 e 2020. 

Cursos EVG

Nos cursos presenciais da Enap, também houve um aumento expressivo nas matrículas. E, apesar da pandemia, houve adaptações ao ensino remoto e um registro parecido ao nível pré-pandemia em 2021.

Participantes de cursos da Enap segundo modalidade do curso

Ano

À distância

Remoto

Presencial

Semi-

presencial

2018

0

44

6368

166

2019

977

9802

19485

213

2020

1034

15890

1102

161

2021

1085

26905

680

0


“A pesquisa é uma iniciativa que soma ao debate da qualificação da administração federal”, afirma o coordenador-geral de Ciência de Dados da Enap, Pedro Masson.

A pesquisa analisou também o perfil dos alunos da EV.G e Enap. Entre os grupos com maior probabilidade de fazer e concluir uma formação adicional estão: mulheres, indígenas, brasileiros natos, pessoas com deficiência, servidores com maior nível educacional, com maior experiência como servidor público e mais jovem. 

O objetivo da pesquisa é contribuir para o debate sobre o investimento na formação profissional continuada de servidores públicos para a esfera pública.

Palavras-chave:

Conteúdo relacionado

Divulgadas regras para ingresso nos mestrados profissionais da Enap em 2022

Ao todo são 50 vagas para servidores, com duração de dois anos. As inscrições vão de 15 de agosto a 3 de novembro de 2022.

Publicado em:
19/06/2022
Escola Virtual de Governo chega a 1 milhão de alunos com certificados

Plataforma gratuita mantida pela Enap tem mais de 300 cursos disponíveis 

Publicado em:
17/04/2022
Inscrições abertas para certificação avançada em políticas públicas

Servidor poderá usar licença capacitação para cursar a certificação. Inscrições vão até 21 de março

Publicado em:
21/02/2022
16 novos cursos a distância para se inscrever

EV.G lançou novas capacitações ao longo de janeiro deste ano

Publicado em:
03/02/2022