Inscrições encerradas!

A Escola de Administração Fazendária – Esaf, com o objetivo de fortalecer sua capacidade de desenvolver pessoas, alinhada com o objetivo estratégico de fomentar e disseminar estudos e pesquisas convida pesquisadores a participarem do Programa de Pesquisa em Finanças Públicas.


I - Público Alvo: Servidores e empregados Públicos das três esferas de governo e acadêmicos interessados nos temas da área fazendária.

II- Requisitos:

  1. Aos pesquisadores, possuir no mínimo título de Especialista em curso reconhecido pelo Ministério da Educação.
  2. Aos orientadores, a titulação de Mestre ou Doutor.
  3. Os currículos dos interessados deverão estar cadastrados e atualizados na plataforma Lattes, disponível no endereço eletrônico http://lattes.cnpq.br/(link para novo sítio).
III - Modalidade:

  1. Semipresencial com utilização da Plataforma Virtual e 3 encontros presenciais na Esaf (Brasília-DF):
IV- Responsabilidades:

  1. O orientador terá a função de coordenar as atividades dos pesquisadores em seu respectivo tema de estudo tanto nas atividades à distância, como nas presenciais. Assim como, participar e coordenar de discussões e debates; orientar e supervisionar as atividades desenvolvidas, e por fim, organizar, compilar, coordenar e supervisionar o artigo de autoria dos pesquisadores.
  2. O pesquisador exercerá a atividade de buscar e reunir informações sobre o tema de estudo e analisá-las, utilizando o método científico com a intenção de aumentar o conhecimento sobre o tema e produzir um artigo com supervisão do orientador do tema. Deverá participar das discussões e debates, além de cumprir as atividades demandadas pelo orientador, tendo como parâmetros:
- os objetivos do Programa

- os objetivos contidos no projeto de pesquisa;

- as demandas dos orientadores.

V- Linhas Temáticas:

1- Os colaboradores serão selecionados por linha temática, entre as apresentadas abaixo:

A – tributos e receitas públicas;

B – orçamento público, gasto público e dívida pública;

C – gestão fazendária;

D – regulação de mercados e políticas setoriais;

E – comércio exterior e finanças internacionais.

  1. Será selecionado 1 orientador para cada tema e 5 pesquisadores por orientador. Os selecionados atuarão em linha temática afim com sua experiência e titulação. A critério da Esaf, o número de orientadores e pesquisadores poderá ser aumentado ou reduzido.
3- Os pesquisadores deverão atuar na(s) linha(s) temática(s) conforme designação da Esaf.

VI- Inscrição e participação:

  1. As inscrições para o Programa de Pesquisa em Finanças Públicas serão feitas mediante preenchimento de formulário próprio.
  2. Os inscritos terão suas inscrições analisadas pela Esaf, segundo critérios de titulação acadêmica, produção científica e experiência profissional.
  3. Será valorizada como diferencial a condição de servidor fazendário, e a experiência ligada às atividades de docência e pesquisa.
VII- Informações Adicionais:

Dúvidas quanto ao processo e à atividade de pesquisa poderão ser tiradas pelo email Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..