Oficina apresenta proposta para implementação da Enap como Instituição Científica

Um projeto das bolsas de inovação

Com o objetivo de fomentar o desenvolvimento de projetos inovadores para resolução de problemas na gestão e na implementação de políticas públicas, a Enap realizou nesta quarta-feira(18), a oficina de teste de conceito da proposta de Estruturação da Escola como Instituição Científica, Tecnológica e de Inovação (ICT).

O diretor de inovação e gestão do conhecimento da Enap, Guilherme Almeida que participou da abertura da oficina, explicou as propostas do Programa Cátedras Brasil que fornece bolsas de pesquisas. “Pelo laboratório de inovação da Enap, nós lançamos uma proposta de bolsas que tem o objetivo de gerar ideias para serem testadas. São projetos de desenvolvimento com protótipos de soluções que geram o fortalecimento da inovação em governos”, afirma ele.

Posteriormente foi apresentado o projeto de pesquisa, “O Novo Sistema Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação: estratégias interdisciplinares para sua implantação e regulamentação”, desenvolvida pelo bolsista do Programa Cátedras Brasil, Marcelo Minghelli.

3

Por fim, os participantes tiveram um momento de apresentações e divisões de grupos para analisar e desenvolver ideias no âmbito da apresentação feita pelo bolsista, Marcelo Minghelli.

Programa Cátedras Brasil – Inovação

A modalidade Inovação visa apoiar iniciativas de pesquisadores, professores e practitioners que proporcionem soluções inovadoras para o setor público brasileiro, em duas áreas distintas: economia digital e arranjos institucionais em políticas públicas. Todas as atividades nesta modalidade de bolsa implicam ao proponente colaborar com o G.NOVA – Laboratório de Inovação em Governo, da Enap. As iniciativas de inovação devem contribuir para a construção de soluções para o governo e para a sociedade ou para as práticas de ensino da Enap.

Na seara da economia digital, busca-se soluções tecnológicas para a administração pública, baseadas em processos de co-criação, dados abertos, processos de conversão digital e constituição de aplicativos. Na seara dos arranjos institucionais de políticas públicas, o foco será no desenho e reestruturação de práticas e desenhos institucionais, cuja alteração proporcione ganhos para a sociedade brasileira. Saiba mais!

Em ambas searas, a modalidade de Inovação do Programa Cátedras Brasil incentivará soluções inovadoras para o setor público, baseadas em um processo de co-criação, que seja capaz de constituir o envolvimento de servidores públicos, especialistas e cidadãos no desenho das soluções.