3º Prêmio SECAP de Loterias – 2019

Confira


Estão abertas, até o dia 2 de dezembro, as inscrições para o 3º Prêmio Secap de Loterias – 2019. Idealizado pela Secretaria de Avaliação, Planejamento, Energia e Loteria (Secap), do Ministério da Economia, o concurso de monografias tem a finalidade de incentivar estudos e pesquisas sobre o tema Loterias, com ênfase nas áreas de Regulação e Responsabilidade Social Corporativa – RSC, e de difundir esse tema junto à comunidade acadêmica brasileira e a sociedade em geral, reconhecendo os trabalhos de qualidade técnica e de aplicabilidade na Administração Pública.

Espera-se que as monografias apresentadas abordem o atual cenário e propostas de aprimoramento da regulação de loterias no Brasil, bem como aspectos de Responsabilidade Social Corporativa (RSC) das Loterias.

Público alvo: Servidores públicos, professores, estudantes, profissionais liberais e pesquisadores. Poderão concorrer trabalhos individuais ou coletivos, de candidatos de qualquer nacionalidade e formação acadêmica (graduados, pós-graduados ou cursando o último ano da graduação).

Tema: A Regulação de Loterias no Brasil e Aspectos de Responsabilidade Social Corporativa das Loterias.

Subtemas:

• Loterias de sorteios de números: neste grupo estão inseridas as loterias de prognósticos numéricos, que são os produtos lotéricos em que o apostador tenta prever quais serão os números sorteados no próximo concurso, a exemplo da Quina, Mega-Sena, Lotomania, Dupla-Sena e Lotofácil;

• Loterias de prognósticos esportivos: são aquelas em que o apostador tenta prever o resultado de jogos esportivos. As Loterias Federais contemplam apenas o futebol para essa modalidade de Loteria na Loteca e Lotogol;

• Proteção dos consumidores-apostadores;

• Combate ao jogo ilegal;

• Incentivo a pesquisas estruturadas acerca de transtornos de jogos e apostas;

• Operação com vendas sustentáveis de produtos lotéricos, garantindo, assim, a continuidade da destinação de recursos para as boas causas sociais;

• Envolvimento da comunidade, pesquisadores científicos, reguladores, fornecedores e demais stakeholders na efetivação das iniciativas de Jogo Responsável; e

• Obtenção de um ambiente em que o ato de apostar aconteça em uma posição de equilíbrio entre a geração de receita, entretenimento e experiência do consumidor-apostador, entre outras boas práticas adotadas amplamente ao redor do mundo.

No desenvolvimento do tema, o concorrente poderá abordar um dos subtemas sugeridos ou outro subtema, desde que contemple o tema principal.


Confira mais informações.