O objetivo é que esses gestores adquiram ferramentas e conhecimentos necessários para  uma administração mais eficiente. 

O Programa Liderando para o Desenvolvimento deu início nesta semana ao curso voltado para gestores municipais, edição 2022. Participam da capacitação 70 secretários titulares e adjuntos de várias regiões do Brasil. Com método diferenciado, aulas ao vivo e renomados especialistas nacionais e internacionais, o projeto prepara secretários estaduais e municipais para promover o desenvolvimento local e melhorar a entrega de políticas e serviços públicos aos cidadãos.

O curso terá duração de 10 encontros, num total de 20 horas, e irá abordar temas variados: competências comportamentais (soft skills), competências relacionadas à liderança, como autoconhecimento, desenvolvimento pessoal, entre outras, competências técnicas (hard skills) e habilidades de gestão pública, uso de dados e evidências, etc.

O diretor de Educação Executiva da Enap, Rodrigo Torres, destacou o papel da instituição em capacitar servidores públicos federais por meio dos cursos oferecidos. “A Enap é a principal escola do governo federal e para realmente cumprirmos a nossa missão, precisamos trabalhar também com estados e municípios. Por mais que o governo federal estabeleça políticas e programas, são os estados e municípios que vivenciam o dia a dia dessas políticas”, disse.

Sobre o Liderando

O Liderando para o Desenvolvimento é uma iniciativa da Enap com 20 instituições parceiras para formação de lideranças regionais e locais. O programa já capacitou mais de 900 líderes públicos, incluindo prefeitos, vices, secretários estaduais e municipais de mais 300 municípios de todo o Brasil, impactando mais de 16 milhões de pessoas.

Perfil dos alunos

Conheça o perfil da turma:

  • 52% homens e 48% mulheres;
  • 30% atuam com educação; 26% com administração e/ou finanças/ fazenda; 6,6% com saúde e os demais, em diferentes pastas (desenvolvimento rural, meio ambiente, turismo, habitação etc); 
  • 50% atuam em municípios com menos de 50 mil habitantes e 25% em municípios de mais de 200 mil habitantes;

Há participantes de 16 estados, sendo que 18% são da Bahia (16 pessoas) e 15,5% são de São Paulo (14 pessoas). Os demais estão distribuídos pelos outros 14 estados; 50% dos cursistas lideram equipes de até 50 pessoas; 26% entre 50 e 100 pessoas; 16,6% entre 151 e 200 pessoas e somente 5,5% possui equipes entre 101 e 150 pessoas.

Palavras-chave:

Conteúdo relacionado

Programa Liderando para o Desenvolvimento está com inscrições abertas para duas novas turmas

As capacitações estão abertas para secretários e secretárias municipais, e para prefeitos e prefeitas, vice-Prefeitos e vice-prefeitas

Publicado em:
13/04/2022
Consultor - Programa Liderando para o Desenvolvimento - Avaliação

Inscrições abertas até 11 de fevereiro de 2022.

Publicado em:
27/01/2022