A premiação é promovida pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN), tendo a Escola Nacional de Administração Pública (Enap) como realizadora do evento e a Fundação Getúlio Vargas (FGV/RJ) como patrocinadora. 

O concurso tem a finalidade de expandir as fronteiras do conhecimento em finanças públicas, promovendo a normalização de temas específicos quando tratados consistentemente pela pesquisa científica. 

O XXV Prêmio Tesouro Nacional premiará as melhores submissões nas categorias “Monografias” e “Soluções”.

Categoria “Monografias”

Tem como objetivo estimular a produção científica na área de finanças públicas, reconhecendo os trabalhos de maior qualidade técnica. 

Os trabalhos devem abordar um dos seguintes temas: Política Fiscal e Crescimento; Gestão de Tesouraria e Soluções de Gestão Financeira e Orçamentária; Federalismo Fiscal: Eficiência e Equidade; e Contabilidade Pública, Transparência e Informações Gerenciais. Confira mais detalhes sobre os temas.

Os autores dos três melhores trabalhos serão premiados com a quantia de R$ 20.000,00, R$ 10.000,00 e R$ 5.000,00, respectivamente. Os vencedores e as menções honrosas, se houver, também receberão o Certificado de participação e publicação da monografia em edição especial da Revista Cadernos de Finanças Públicas, do Tesouro Nacional.

Nesta categoria podem participar apenas pessoas físicas: servidores públicos, professores, estudantes, profissionais liberais e pesquisadores da área. Qualquer cidadão com idade mínima de 18 anos, de qualquer nacionalidade e formação acadêmica (graduação ou pós-graduação), pode concorrer com trabalhos individuais ou coletivos.

Categoria “Soluções”

A categoria “Soluções” – destaque em Inovação para as comemorações dos 25 anos do Prêmio Tesouro Nacional -  tem como objetivo estimular o desenvolvimento de soluções em ciências de dados e inteligência artificial aplicadas a finanças públicas, com base no desafio proposto. Confira mais detalhes sobre os Desafios.

Os proponentes de até 3 soluções irão ganhar o prêmio de R$6.000,00, além de certificado e divulgação das propostas no Portal Tesouro Transparente.

Qualquer pessoa, empresa ou instituição pode concorrer ao desafio e propor soluções dentro de suas áreas de atuação, sendo permitida a inscrição individual ou em grupo. Serão reconhecidos os trabalhos de maior inovação, potencial de impacto e qualidade técnica. 

Regulamento

  • O regulamento e as informações completas sobre o XXV Prêmio Tesouro Nacional encontram-se disponíveis neste link.
  • Edital nº 119: prorroga as inscrições do prêmio até 2 de outubro de 2020.

 

Inscrições - NOVA DATA!

As inscrições vão até o dia 02 de outubro de 2020 e deverão ser feitas por meio dos formulários eletrônicos disponíveis nos links:

 

Cronograma

Data

Etapas 

30/06/2020

 Abertura das inscrições

 02/10/2020

 Encerramento das inscrições 

 out. a nov./2020

 Avaliação das monografias

 dez./2020

 Divulgação do resultado

 dez./2020

 Cerimônia de premiação – em data e local a serem confirmados posteriormente.

 

Ajude a divulgar o Prêmio

  

Edições anteriores 

Monografias premiadas em edições anteriores 

Informações

Esta dirección de correo electrónico está siendo protegida contra los robots de spam. Necesita tener JavaScript habilitado para poder verlo. 

Desafio para Soluções

Facilitar o entendimento dos dados sobre finanças públicas, organizando-os de modo a traduzi-los em termos compreensíveis para sociedade e governo, ou seja, sistematizar e disponibilizar informações, se possível em tempo real, para permitir a percepção dos efeitos práticos das finanças públicas para a vida das pessoas. 

Temas para Monografias

TEMA1 

        

 

POLÍTICA FISCAL E CRESCIMENTO

  • Equilíbrio fiscal;
  • Regras fiscais e arcabouços fiscais de médio-prazo;
  • Dívida pública; e
  • Qualidade do gasto público.

 

TEMA2

        

 

GESTÃO DE TESOURARIA E SOLUÇÕES DE GESTÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA

  • Boas práticas na gestão de tesouraria;
  • (Des)indexação e (des)vinculação orçamentária; e
  • Inteligência artificial e ciência de dados aplicadas a soluções de gestão e análise de finanças públicas

 

TEMA3

        

 

FEDERALISMO FISCAL: EFICIÊNCIA E EQUIDADE

  • Equilíbrio federativo, entre receitas (arrecadação) e despesas (serviços);
  • Ajuste fiscal dos entes subnacionais; e
  • Obsolescência tributária (ICMS, exportação de bens primários, Lei Kandir).

 

TEMA4

        

 

CONTABILIDADE PÚBLICA, TRANSPARÊNCIA E INFORMAÇÕES GERENCIAIS

  • Informação contábil pública para tomada de decisão: padrões e qualidade;
  • Transparência e conformidade da gestão fiscal;
  • Implantação de padrões contábeis e de custos no setor público.

  

 Formatação das Monografias

  • A monografia submetida não pode ter a identificação do(s) autor(es) no corpo do texto ou nas propriedades do arquivo.

  • A monografia deve ser redigidas em português.

  • A formatação deve ter espaçamento de 1,5 linha, fonte “Arial”, tamanho de fonte 12, e margens 3 cm superior e esquerda, 2 cm inferior e direita.

  • As páginas devem ser numeradas.

  • Destaques devem ser indicados em itálico, exceto URL, que pode vir sublinhado.

  • A monografia deve ter abstract com não mais de 150 palavras, até cinco palavras-chave, e três códigos da classificação JEL.

  • A versão completa da monografia (com texto, tabelas, gráficos, figuras e mapas) deve ser submetida em um arquivo “docx” ou assemelhado, aberto.

  • A lista de referências bibliográficas deve ser apresentada em ordem alfabética no final da monografia e se restringir aos trabalhos efetivamente citados no artigo. URLs das referências devem incluir a data de acesso.

  • Citações devem estar em conformidade com o estilo de citação de Chicago.