Cronograma será publicado em edital específico; candidatos ganham mais tempo para estudar e aprimorar projetos

Os mestrados profissionais em Governança e Desenvolvimento (MPGD) e em Avaliação e Monitoramento de Políticas Públicas (MPAM) terão nova data de inscrição, por motivos técnicos e operacionais.

O edital de abertura do processo seletivo foi publicado em 22 de julho e previa o início das inscrições em 14 de agosto. A Enap divulgará em editais específicos todas as orientações necessárias aos candidatos. 

Poderão se candidatar servidores públicos federais, estaduais e municipais e estaduais. Assim, a Enap amplia a capilaridade de sua pós-graduação, possibilitando que agentes públicos de diferentes locais do país possam se candidatar e desenvolver esse tipo de conhecimento.

Processo seletivo será 100% online

Essas são as primeiras turmas de mestrado selecionadas 100% online. Ganham os candidatos, que terão a comodidade de fazer as provas de casa, com possibilidade de consulta. E ampliam-se também as chances de participação de um número maior de pessoas, reduzindo custos, por exemplo, com deslocamentos. 

Essa mudança de modalidade, no entanto, traz desafios adicionais, como de segurança digital,  para garantir a manutenção de um processo seletivo íntegro e transparente

No processo seletivo de 2018, o mestrado em Governança e Desenvolvimento recebeu mais de 3 mil inscrições. 

Neste ano, serão 30 vagas para o Mestrado em Governança e Desenvolvimento e 20 vagas para Avaliação e Monitoramento de Políticas Públicas. Só é possível se candidatar a um um dos cursos. 

É recomendável que os candidatos aproveitem esse tempo adicional para melhorar seus projetos, atualizar o memorial e manter em dia a leitura da bibliografia, fazendo resumos e anotações. As provas são interpretativas e exigem uma boa assimilação das recomendações bibliográficas. Todas as referências têm seu conteúdo disponibilizado na internet e algumas das obras indicadas também podem ser encontradas na Biblioteca da Enap.

Sobre os mestrados

Esta será a quarta turma da Enap para o MPGD. Das 30 vagas, 24 serão de de ampla concorrência, 4 para candidatos autodeclarados negros e indígenas e 2 para pessoas com deficiência. No caso do MPAM, esta é a segunda turma. Das 20 vagas, 16 são de ampla concorrência, 3 para candidatos autodeclarados negros e indígenas e 1 para pessoa com deficiência.

Com duração total de 24 meses, os dois cursos estão estruturados em seis trimestres letivos. Os cursos têm carga horária mínima de 540 horas, disciplinas obrigatórias, disciplinas optativas e elaboração e defesa do trabalho de conclusão de curso. 

Os trabalhos finais deverão responder a problemas reais da área de atuação do profissional-aluno. Os concluintes receberão o título de Mestre em Governança e Desenvolvimento ou de Mestre em Avaliação e Monitoramento.  

Esclarecimentos de dúvidas e informações sobre o processo seletivo podem ser obtidos por e-mail dirigido a Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..