Foram selecionados 50 candidatos nas áreas de Governança e Desenvolvimento e Avaliação e Monitoramento de Políticas Públicas

A Escola Nacional de Administração Pública publicou, nesta sexta-feira (11), o resultado final do processo seletivo dos mestrados profissionais. Foram divulgados os selecionados para a quarta turma do mestrado em Governança e Desenvolvimento (MPGD) e para a segunda turma do mestrado em Avaliação e Monitoramento de Políticas Públicas (MPAM).

Serão convocados para fazer a matrícula os primeiros 30 aprovados na seleção do MPGD: 24 da ampla concorrência; quatro das cotas de negros e indígenas e dois das cotas de portadores de deficiência. Para o MPAM poderão se matricular os primeiros 20 aprovados: 16 da ampla concorrência; três das cotas de negros e indígenas e o primeiro classificado na lista dos portadores de deficiência.

Para fazer a matrícula, o candidato deve apresentar, obrigatoriamente, certificado de proficiência em língua inglesa: TOEFL /TOEFL IBT, EFSET, Cambridge, IELTS, TOEIC ou Duoling English Test.

Na área de Governança e Desenvolvimento foram selecionados, ao final, 57 candidatos da ampla concorrência, oito do sistema de cotas de negros e indígenas e seis pessoas com deficiência. Para a área de Avaliação e Monitoramento de Políticas Públicas, foram aprovados 38 candidatos em ampla concorrência, nove nas cotas de negros e indígenas e seis portadores de deficiência.

O edital traz ainda, em seus anexos, as notas finais e classificação dos candidatos na análise de pré-projeto, da entrevista, da segunda fase e a pontuação na primeira e segunda fases. O processo seletivo dessas turmas foi feito de forma virtual, integralmente online. O objetivo do programa de mestrado profissional é capacitar as pessoas e construir competências que sejam capazes de auxiliar na solução de problemas concretos do setor público brasileiro. A carga horária do curso é de 540 horas, entre disciplinas e dissertação.