A Escola Nacional de Administração Pública - Enap abriu nesta quarta-feira (19/2) processo seletivo para ocupação de uma vaga para o cargo de Coordenador-Geral de Pós-Graduação Stricto Sensu (CGPGS) da Escola. 

Podem participar da seleção servidores públicos de qualquer esfera, que tenham concluído Doutorado e com fluência na Língua Inglesa.

Informações sobre a vaga

A Enap busca profissional com disposição para lidar com desafios e agilidade para tomar decisões, que tenha sólida trajetória acadêmica e capacidade técnica de gestão. Além disso, deve ter habilidade de negociação e articulação com os diversos públicos.

O profissional irá atuar na Enap, situada na Asa Sul, em Brasília (DF), em regime de dedicação integral. O cargo (FCPE 101.4) corresponde a uma remuneração mensal de R$ R$ 6.223,99. 

Os candidatos deverão cumprir determinados critérios, como:

  • Ter exercido atividades gerenciais por, no mínimo, 02 (dois) anos, supervisionando equipes de, no mínimo, 05 (cinco) pessoas;
  • Possuir título de Doutor;
  • Fluência na Língua Inglesa;
  • Produção no campo de públicas.

Prazos e etapas

As inscrições podem ser realizadas entre 19 de fevereiro e 09 de março de 2020, até às 12h.

Acesse o formulário de inscrição em https://forms.gle/skEeHkfGHiDYyS7z6

A seleção será feita em cinco etapas: avaliação curricular, avaliação técnico-comportamental, apresentação de documentação comprobatória, sabatina e entrevista final. As etapas presenciais ocorrerão em Brasília (DF).

Todas as informações atualizadas sobre o processo seletivo serão enviadas para o endereço de e-mail informado no formulário de inscrição. Apenas o resultado final será publicado no portal da Enap, na seção “Trabalhe conosco” no link: https://gov.br/enap/a-escola/trabalhe-conosco. É de responsabilidade do participante o acompanhamento do andamento do processo seletivo e do cronograma atualizado do processo.


Confira o regulamento do processo seletivo e o cronograma de atividades.

Observação: A versão anterior do regulamento possuía redação diferente em pré-requisitos específicos e foi alterada em seu primeiro ítem para deixar claro que experiências do setor privado também estão contempladas.