Instituído Programa de Capacitação em Transformação Digital

Publicação de portaria ratifica apoio da Enap ao projeto de transformação digital do Governo


Foi publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira (26) a Portaria Conjunta nº 6, da Escola Nacional de Administração Pública (Enap) e da Secretaria de Governo Digital do Ministério da Economia, que institui o Programa de Desenvolvimento de Capacidades para Transformação Digital no Poder Executivo Federal.

O Programa tem o propósito de formar profissionais fundamentais à era digital e difundir a cultura de concepção digital por meio da qualificação e do preparo para atuarem em diferentes contextos do Poder Executivo Federal e lidarem com os desafios apresentados. Envolve servidores públicos federais que atuam no Poder Executivo Federal como profissionais de TIC, analistas e gestores públicos de negócio, profissionais jurídicos e altos executivos que serão capacitados em cursos coordenados pela Enap.

A inovação no modelo proposto diz respeito à certificação dos servidores, que contribuirá para a formação de bancos de talentos, apoiando a elaboração de processos seletivos na Administração Pública. São cursos de curta duração, seminários e outros eventos de capacitação, realizados presencialmente e a distância, que consideram desenvolvimento de competências tanto técnicas quanto de liderança e comunicação.

Para fazer frente ao desafio de desenvolver um programa atualizado, robusto e compatível com as evoluções no campo da transformação digital de serviços, a Enap desenvolveu o Programa em colaboração com instituições como a University of Denver (EUA), Delft University of Technology (Holanda), Harvard Kennedy School (EUA), London School of Economics (Reino Unido), entre outras referências em capacitação.

O diretor de Educação Continuada da Enap, Paulo Marques, ressalta que o Programa foi desenvolvido de modo a fornecer uma visão ampla sobre a transformação digital, que é uma das pautas estratégicas de governo. “Para obter resultados efetivos no aprendizado, metodologias e conhecimentos de fronteira foram selecionados pela nossa Escola, e novos conteúdos serão incorporados, por meio de parcerias e convites a especialistas que possam qualificar tsdsnossas equipes, com perfis multidisciplinares, para o desafio de tornar nosso Estado digital”, afirma.

Áreas de conhecimento prioritárias do Programa
  • Ciência de Dados
  • Transformação Ágil
  • Liderança e Inovação
  • Governança e Gestão de TIC
  • Alta Tecnologia
  • Serviços Digitaisvoltados ao Cidadão
  • Segurança e Privacidade


Saiba mais sobre o Programa.