Enap inicia o segundo bloco de atividades do Curso de Especialização em Desenvolvimento Local e Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

Os alunos são 100 gestores públicos de mais de 70 municípios brasileiros

 
A Escola Nacional de Administração pública (Enap) realizou, no dia 11 de março, a abertura do segundo bloco de aulas do Curso de Especialização em Desenvolvimento Local e Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Essa edição é dedicada a servidores públicos em exercício na administração pública municipal e a empregados de consórcios públicos municipais.

O curso é uma proposta inovadora de imersão de gestores públicos municipais na realidade dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), a partir de aulas, oficinas, estudos de caso, palestras e simulações que irão defrontá-los com a aplicação prática de conceitos de gestão e políticas públicas que promovem o desenvolvimento local. Ao todo, são 408 horas de aulas em caráter intensivo, além de mais de 70 horas de atividades extras para construção de rede, aprendizado instrumental e reflexões analíticas com palestras, mesas redondas e oficinas em temas como Inovação, Equilíbrio Fiscal, Coordenação de Políticas, Abordagem Comportamental de Políticas Públicas, Experiências Internacionais com ODS, Direitos Humanos, e Desafios da Gestão Pública.

Na tarde do dia 11 também foi realizada uma visita técnica dos alunos do curso de Especialização à Casa da ONU, em Brasília. Na ocasião os alunos puderam conhecer o trabalho do PNUD com a implementação dos ODS no Brasil, discutir sobre estratégias de desenvolvimento territorial, além de visitar as instalações da Organização.

                         casa onu 1     Casa onu 2
 
Entre as disciplinas ofertadas durante a capacitação, Desenvolvimento e Municípios contempla a apresentação de todos os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS 1 a 17) com uma metodologia inovadora. A disciplina conta com a apresentação de um ODS por dia, sempre com a presença de um especialista da área, complementada com oficinas de estudo de caso real, que orientam a trajetória do aluno durante o curso.

O instrumento pedagógico para esse evento de aprendizagem é o estudo de caso, o qual expõe os alunos a processos decisórios e dilemas similares àqueles vivenciados cotidianamente no contexto profissional.  O esforço da Enap volta-se à promoção do ensino aplicado e da articulação entre teoria e prática, buscando associar a aprendizagem à reflexão e à análise de problemas concretos.

Ao final do curso os alunos deverão apresentar um Projeto de Intervenção para solucionar um problema público que enfrentam em seu município. Com isso, conseguem contribuir com o desenvolvimento local de forma concreta e aplicada.

DSC_1012.JPG

A oferta do curso foi possível devido à parceria com instituições qualificadas e com experiência em gestão local. Entre os apoiadores estão: Secretaria de Gestão, do Ministério da Economia (Seges/ME); Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos; Secretaria de Governo da Presidência da República; Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD); Comunitas; Instituto República; Fundação Lemann; Humanize; Fundação Brava; Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE); Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF) e Instituto Brasileiro de Administração Municipal (Ibam).