Perguntas Frequentes

Bolsas de Pesquisa

O Programa de Concessão de Bolsas de Pesquisa da Enap visa contribuir com o fomento de pesquisas científicas na área de gestão pública e com a disseminação do conhecimento gerado. 

Poderão se candidatar à concessão de bolsas de pesquisa os interessados que se disponham a intercambiar conhecimento e experiência com a Enap e que atendam aos requisitos específicos dispostos nos editais de chamada pública. 

Os valores são definidos de acordo com a modalidade de bolsa, que vai de auxiliar de pesquisa a pesquisador doutor, variando de R$ 500 (quinhentos reais) a R$ 3.000 (três mil reais), conforme Resolução Nº 50.007, de 25 de agosto de 2015

A concessão de bolsas de pesquisa pode ser de até 12 (doze) meses. 

O início do processo seletivo se dá com a publicação do edital de chamada pública no Diário Oficial da União e no site da Enap. O período para a realização de inscrição é de no mínimo 45 dias após a publicação do edital. As fases do processo seletivo, bem como os critérios de julgamento, são definidos por meio do edital de chamada pública respectivo.

Os procedimentos para a inscrição no processo seletivo, bem como os documentos requeridos, são definidos por meio do edital de chamada pública respectivo. No entanto, geralmente é requerido o envio, por meio eletrônico, de formulário de inscrição, projeto de pesquisa e declaração de ineditismo do projeto.    

Não há vedação, por parte da Enap, ao acúmulo de bolsa de pesquisa concedida pela Escola com aquela concedida por outra instituição. Cabe ao candidato interessado, caso receba outra bolsa, checar a possibilidade de acúmulo, uma vez que cada instituição estabelece regras próprias nesse sentido. Ressalta-se, entretanto, que o candidato deve possuir tempo hábil para dedicar-se à produção da pesquisa.

Não é permitido o acúmulo de bolsas de pesquisa concedidas pela Enap. 


Cadastro de Colaboradores

Desde 2012, os instrutores dos cursos de desenvolvimento técnico e gerencial são selecionados, entre os servidores públicos federais civis, por meio de Edital público de seleção de instrutores. A seleção dos candidatos é realizada em duas etapas: análise curricular e participação em curso de formação. Os Editais de seleção são publicados no portal da Enap.

Café com Debate

O Café com Debate, promovido periodicamente pela Enap, é uma metodologia que possibilita o intercâmbio de ideias entre pares. De maneira informal, dirigentes que atuam predominantemente na Administração Pública Federal discutem experiências nacionais e internacionais sobre um tema de relevância e, em seguida, têm a oportunidade de debater com o(s) convidado(s) e expor suas dúvidas e posicionamentos.
 
Um café da manhã é oferecido no decorrer de toda a atividade, que se inicia às 8h30 e termina às 10h, contribuindo para a criação de um ambiente descontraído, que favorece a aprendizagem.
Prioritariamente, o evento é voltado para servidores públicos federais, coordenadores de equipe e altos dirigentes da Administração Pública Federal. Ocasionalmente, a depender do tema a ser abordado, o evento se destina também a acadêmicos e representantes da sociedade civil.

Integrar o público-alvo a que se destina o evento e/ou a edição. Para se inscrever, deve-se responder ao convite, encaminhado por e-mail (cafecomdebate@enap.gov.br) pela organização, confirmando presença. A equipe responsável se incumbe de enviar o convite para o público-alvo de cada edição do Café com Debate.

 


Cursos a Distância

Escola Virtual é um Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) que visa facilitar a aprendizagem “a qualquer tempo, em qualquer lugar”. É neste ambiente que o participante dos cursos à distância da Enap terá acesso aos conteúdos, realizará as atividades, enviará e receberá mensagens e terá acesso às suas notas e certificado. É também por meio desse ambiente que professores tutores e coordenadores de cursos interagem com os participantes e têm acesso a informações e relatórios. Desde 2007, a Enap utiliza o Moodle em sua Escola Virtual.

 

  • Ao solicitar inscrição para um curso sem tutoria, você estará automaticamente matriculado. Na data de início do curso você receberá um email contendo a senha e orientações de acesso à Escola Virtual. Lembre-se: você só terá acesso ao curso no dia de seu início! Se por algum motivo o email com as informações não chegar à sua caixa de entrada, entre em contato conosco clicando aqui.

 

  • Ao solicitar inscrição para um curso com tutoria, você deverá aguardar a confirmação de matrícula que chegará via email antes da data de início do curso. Caso tenha sido selecionado, na data de início do curso você receberá um email contendo a senha e orientações de acesso à Escola Virtual. Lembre-se: você só terá acesso ao curso no dia de seu início! Se por algum motivo o email com as informações não chegar à sua caixa de entrada, entre em contato conosco clicando aqui.

 

 

O acesso a Escola Virtual Enap (moodle) pode ser feito de duas formas:

1.    Clicando no link da Escola Virtual (https://enapvirtual.enap.gov.br);

2.    Acessando o site da ENAP (www.enap.gov.br) e clicando, no menu superior “EM DESTAQUE”, em Escola Virtual – você será redirecionado para a plataforma moodle.   

Ao entrar no moodle, CPF e SENHA serão exigidos para acesso. Essas informações serão enviadas a você por email no dia de início do curso.

Se por algum motivo esse email não chegar à sua caixa de entrada, entre em contato conosco pelo espaço destinado as dúvidas e sugestões clicando aqui.
Após a conclusão dos passos listados acima, basta clicar no curso e dar início os trabalhos!


Atenção: se você já realizou algum curso na plataforma da Escola Virtual e alterou a sua senha, continue utilizando-a para acesso.
 

Você poderá alterar os seus dados cadastrais no momento que julgar necessário, tanto no site da ENAP quanto na Escola Virtual.

  1. Atualizando os dados pessoais no site da ENAP:

Vá até o site da ENAP e clique em “Acesse sua Conta” no menu superior. Após preencher os campos “email” e “senha”, você será direcionado para a página principal. No menu lateral esquerdo, no bloco “USUÁRIO”, clique em “Dados Pessoais”. Nessa página você poderá editar as suas informações clicando em “Editar Dados Pessoais”, sem esquecer-se de “SALVAR” ao final das modificações.

  1. Atualizando os dados pessoais na Escola Virtual Enap – Moodle:

Acesse o site da Escola Virtual Enap – plataforma Moodle, e preencha os campos “CPF” e “senha” necessários para o acesso. Clique no seu nome que aparecerá no canto superior direito da tela. Em seguida vá em “Modificar Perfil” no bloco “ADMINISTRAÇÃO” e faça as modificações desejadas, sem se esquecer de “ATUALIZAR PERFIL” ao concluir.

Todos os cursos a distância da Enap possuem certificado de conclusão. Ao concluir todas as atividades do curso, com aproveitamento igual ou superior ao percentual mínimo estabelecido, você poderá imprimir o seu! Para isso, basta seguir as instruções abaixo:

  1. Acesse o link da Escola Virtual Enap (https://enapvirtual.enap.gov.br).
  2. Entre na sua conta preenchendo os campos de CPF e senha.
  3. Selecione o curso desejado.
  4. No módulo “Encerramento”, clique em “Certificado”.
  5. Clique em “Obtenha o seu certificado”.

Observação: os cursos costumam apresentar diferentes notas mínimas de aprovação. Não se esqueça de conferir essa informação no Guia do Participante do seu curso!

Muitas vezes, em cursos com tutoria, os certificados são liberados antes do prazo final que os tutores têm para corrigir as atividades (já que algumas pessoas precisam desse documento de forma rápida). Assim, lembre-se do prazo de 7 a 10 dias que os tutores têm após a finalização do curso para corrigir o que estiver pendente. Para garantir que o certificado esteja com a sua nota final, aguarde e imprima após esse período.


Sugerimos que você utilize papel de cor branca, tamanho A4 e gramatura offset 120g.

Os cursos a distância ofertados pela Enap são considerados cursos de educação continuada e, por isso, não estão sujeitos ao reconhecimento do MEC. Verifique se nossos cursos podem influenciar na sua progressão funcional, informando-se a respeito do Plano de Cargos e Salários de sua instituição.


 

  1. Nos cursos com tutoria:

 Você terá um tutor que será responsável por orientá-lo quanto às suas dúvidas de conteúdo. Além de ser responsável por corrigir e pontuar seus trabalhos, você poderá contatá-lo em outros momentos durante o curso, utilizando o Fórum de Dúvidas.  Essa ferramenta possibilita a interação direta entre o aluno e os seus colegas e também entre o aluno e o tutor.

  1.  Nos cursos sem tutoria:

Não há participação de tutores solucionando dúvidas de conteúdo, no entanto, há espaço para troca de conhecimentos e experiências com seus colegas. Além disso, você pode entrar em contato com a Escola enviando seu questionamento para o Fale Conosco, clicando aqui.

 

Quando um site usa HTTPS para estabelecer uma conexão segura, ele precisa de um certificado de segurança. Os certificados utilizados em sites do governo são emitidos por entidades que não são reconhecidas pelos navegadores mais comuns (Explorer, Mozilla,Chrome). O site da Enap é um site do Governo Federal de domínio gov. Por esse motivo, adicionar a exceção de segurança não representa perigo. Para adicionar a exceção:

  1. Usando o Google Chrome:

Ao se deparar com a tela “Sua conexão não é particular”, clique no canto esquerdo inferior em “Avançado”. Em seguida, na parte debaixo, clique em “Ir para...”.

  1. Usando o Mozilla Firefox:

Ao se deparar com a tela “Essa conexão não é confiável”, clique em “Entendo os riscos” na parte debaixo. Em seguida, clique em “Adicionar Exceção” e depois em “Confirmar exceção de segurança”.

 

 

Todas as atividades feitas por você ficam registradas no seu Certificado ao final do curso, juntamente com as notas obtidas em cada uma e o seu total geral.

 

Para baixar o conteúdo do curso em PDF e imprimi-lo, siga as instruções abaixo:

  1. Acesse o link da Escola Virtual (https://enapvirtual.enap.gov.br) e digite o seu CPF e a SENHA no box de acesso. 
  2. Entre no curso que você deseja imprimir o material.
  3. Na parte da BIBLIOTECA, clique em CONTEÚDO EM PDF e selecione o módulo desejado.

Observação: nem todos os cursos possuem material em PDF disponível.

Para participar dos cursos à distância, é necessário ter cadastro no site da Enap.  

  1. Acesse o site da Enap ( www.enap.gov.br ).
  2. Na parte superior do site, clique em “Acesse sua Conta”. Se você já tiver cadastro no site, apenas acesse sua conta. Se você ainda não tem, crie um clicando em “Criar Cadastro”.
  3. Após ter criado uma conta, clique em “Calendário de Cursos e Seminários” que aparecerá no menu lateral esquerdo. Verifique se existem inscrições abertas para o curso desejado, clique no “+” e se inscreva preenchendo a ficha de solicitação adequadamente.

Siga os passos abaixo:

Para acompanhar o status da sua inscrição solicitação de, acesse sua conta e clique em “Histórico do Aluno” no bloco “Usuário” situado no menu lateral esquerdo. No item “Cursos em andamento ou aguardando análise se solicitação” aparecerá o nome do seu curso e a situação da sua inscrição.

Informamos que para os cursos com tutoria, você receberá antes do dia de seu início uma mensagem via email comunicando o deferimento ou não do seu pedido de matrícula. Para cursos sem tutoria, ao solicitar inscrição você estará automaticamente matriculado. Para ambos, as orientações de acesso chegarão por email no dia de início do curso.

  • Para cancelar a sua inscrição em um curso que ainda não começou, acesse o site da Enap ( www.enap.gov.br ) e acesse sua conta. No menu lateral esquerdo, procure o bloco “Usuário” e clique em “Histórico do Aluno”. Localize o curso que deseja cancelar e clique em SIM, confirmando o cancelamento.
  • Para cancelar a sua participação em um curso que já começou, acesse o site da Escola Virtual Enap (https://enapvirtual.enap.gov.br) e acesse sua conta.  Na página principal, clique no curso que deseja cancelar. No menu lateral direito, clique em “Cancelar Inscrição” e confirme.

Lembramos que o aluno somente poderá fazer o cancelamento da matrícula no site da Enap até três dias antes do início do curso. Ao ultrapassar esse prazo, é necessário que o aluno espere o curso começar e cancele na própria Escola Virtual.

Você pode se inscrever em quantos cursos quiser no mesmo período de tempo, desde que tenha disponibilidade para cursar.

Sua inscrição pode ter sido indeferida por:

1. Preenchimento incorreto ou incompleto do cadastro no sítio da Enap:
É necessário que o cadastro esteja corretamente preenchido e com o máximo de informações que você puder disponibilizar. A justificativa é um dos campos mais importantes, porque é com base nela, principalmente, que a seleção dos participantes é realizada.

2. Incompatibilidade com o público-alvo preferencial atendido da escola e/ou do curso:

A Enap é uma fundação pública vinculada ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, cuja missão é desenvolver competências de servidores para aumentar a capacidade de governo na gestão das políticas públicas. Em função da grande demanda pelos cursos oferecidos pela Escola, a Enap atende, preferencialmente, servidores públicos do Poder Executivo federal. Havendo vagas, empregados públicos e servidores de outros poderes e esferas serão atendidos segundo ordem de solicitação de inscrição. Cada curso possui um público-alvo específico, determinado em função dos seus objetivos instrucionais. Verifique na ementa do curso, disponibilizada neste sítio, se você se enquadra no público-alvo do curso para o qual está solicitando matrícula.

3. Por insuficiência de vagas.

 

  • Senha do site da Enap: você cria essa senha quando faz o cadastro em nosso sítio. Com ela, você se inscreve em cursos, verifica suas solicitações de inscrições, atualiza seus dados e faz downloads de publicações.
  • Senha da Escola Virtual Enap - Moodle: você recebe essa senha por email no dia de inicio do curso. Essa senha é usada para acessar o curso. Com ela, você terá acesso exclusivamente à Escola Virtual Enap - Moodle, onde pode alterá-la para uma de sua preferência.

Sugerimos que você altere sempre a senha da Escola Virtual Enap - Moodle para ficar igual a do sítio da Enap. Isso facilitará sua memorização.

  • Senha do site da Enap:
  1. Acesse o site da Enap (www.enap.gov.br)
  2. Na parte superior, clique em “Acesse sua Conta”.
  3. Clique em “Esqueci a Senha” e digite o seu email para recuperá-la.
  1. Acesse o site da Escola Virtual Enap (https://enapvirtual.enap.gov.br)
  2. Clique em “Recuperar Senha”.
  3. Preencha os campos necessários com o seu CPF ou email e aguarde uma mensagem com as orientações.

Se o seu email não for mais o mesmo, entre em contato por meio do Fale Conosco.

Para que você possa se inscrever em turma exclusiva, é necessário que seu CPF tenha sido encaminhado, previamente, por sua instituição à Enap. Se isso ocorreu, siga os passos abaixo:

1. Faça cadastro no site da Enap ou acesse a sua conta.

2. No menu lateral esquerdo, clique em “Calendário de Cursos e Seminários”.

3. Clique no curso desejado, leia as informações e no final da página clique na turma da sua Instituição;

4. Preencha a Ficha de Solicitação de Inscrição e em seguida a justificativa. Clique em “prosseguir”.

5. Aparecerá uma mensagem na tela comunicando o recebimento da sua inscrição, o que significa que o procedimento foi concluído.


Cursos de Formação para Carreiras

O Curso de Formação para a Carreira de Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental (EPPGG) constitui a segunda etapa do concurso público para acesso à carreira promovido pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Somente podem cursá-lo os candidatos aprovados na primeira etapa do concurso e convocados através de edital da Enap publicado no Diário Oficial da União.

 

As datas e procedimentos de matrícula são informados pela Enap, através de edital publicado no Diário Oficial da União, aos candidatos aprovados na primeira etapa do concurso.

 

O Curso de Formação para a Carreira de Analista de Planejamento e Orçamento (APO) constitui a segunda etapa do Concurso Público para acesso à carreira promovido pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Somente podem cursá-lo os candidatos aprovados na primeira etapa do concurso e convocados através de edital da Enap publicado no Diário Oficial da União.

 

As datas e procedimentos de matrícula são informados pela Enap, através de edital publicado no Diário Oficial da União, aos candidatos aprovados na primeira etapa do concurso.

 

 

O Programa de Aperfeiçoamento para Carreiras destina-se aos servidores das carreiras do Ciclo de Gestão Governamental: Especialistas em Políticas Públicas e Gestão Governamental (EPPGG); Analistas de Planejamento e Orçamento (APO); Analistas de Finanças e Controle (AFC); e Analistas de Comércio Exterior (ACE).

 

Caso seja EPPGG ou APO, o servidor deverá selecionar no site da Enap, na página do Programa de Aperfeiçoamento para Carreiras, o curso que deseja realizar e verificar seus objetivos e ementas, datas e horários. Sua matrícula deverá ser realizada em Turmas Disponíveis para Inscrição.

Caso seja AFC ou ACE, o servidor deverá solicitar a matrícula ao RH de seu órgão, que enviará para a Enap os nomes e contatos dos servidores que participarão de cada curso.

Para a matrícula, é imprescindível que o cadastro no site da Enap esteja atualizado.

Depois de efetuada a matrícula, será enviado um e-mail de confirmação pelo sistema.

 

Os materiais dos cursos serão disponibilizados no site da Enap no mesmo local de sua matrícula. Outras informações poderão enviadas para seu e-mail, por isso a necessidade de atualização de seu cadastro. Você poderá acessar também seu histórico no próprio site da Enap, em sua conta.

 

O Programa de Aperfeiçoamento fornecerá certificado a todos os participantes que requisitarem junto à Secretaria Escolar. O certificado deverá ser retirado na Secretaria Escolar após a finalização do curso, que ocorre com a entrega das notas pelos professores.

 

Sim e têm como público-alvo os integrantes das carreiras de EPPGG, APO, AFC, ACE.

 


 

A Enap divulga periodicamente em seu sítio a lista dos cursos ofertados com as datas de matrículas, objetivos e ementas, datas e horários para o Programa de Aperfeiçoamento para Carreiras. Assim, os servidores poderão planejar melhor o seu aperfeiçoamento, escolhendo os cursos e o momento mais conveniente para cursá-los no período em que permanecerem em cada classe.

 

A validação é feita pela Segep, através de solicitação específica. Os telefones para contato e orientação para a abertura de processo são: 2020-1737 ou 2020-1165.

Os critérios de análise para validação são:

- Conteúdos necessários ao desenvolvimento das competências do EPPGG;

- Conteúdos compatíveis e carga horária igual ou superior aos oferecidos pelos cursos de aperfeiçoamento;

- Curso realizado no período válido para a promoção (3 anos anteriores à data de promoção);

- Aprovação do aluno mediante realização de avaliação de aprendizagem.

 


Cursos Presenciais

No menu Calendário de Cursos e Seminários é possível encontrar o período de realização dos cursos presenciais. Outra forma de verificar as datas das turmas é acessar diretamente os cursos pela modalidade presencial.

As matrículas para turmas abertas e turmas do Programa Enap em Rede são gratuitas para servidores públicos. As turmas exclusivas têm valores definidos de acordo com a Resolução interna nº 8, de 4 de março de 2016.

A oferta de cursos presenciais de capacitação de desenvolvimento técnico e gerencial é exclusiva para servidores do poder executivo, preferencialmente, federais, complementarmente, estaduais e municipais, observada a especificidade de cada curso.

Não, cada curso tem um público-alvo especifico que deverá ser observado quando da escolha do curso.

As pré-inscrições podem ser feitas por este sítio, através da página de cada curso, onde deverá ser escolhida uma turma com vagas disponíveis. Para mais informações clique aqui.

A inscrição estará confirmada a partir do recebimento de mensagem da Enap pelo correio eletrônico de confirmação de matrícula, normalmente 30 dias antes do início da turma. Em turmas realizadas nas instituições do Programa Enap em Rede, o prazo de resposta é de 14 dias antes da data de início do curso.

Para cancelar sua pré-inscrição ou matrícula em um curso de Enap, é necessário que efetue seu login no site e acesse o menu "histórico do aluno". Na nova página cancele sua participação nos cursos desejados.

As turmas abertas são realizadas nas dependências da Enap em Brasília. Porém, atendendo a solicitações, a Escola pode promover turmas exclusivas em outros estados do Brasil, além de ofertar turmas por meio de instituições parceiras no Programa Enap em Rede.

A Enap não oferece diárias ou disponibiliza alguma ajuda de custo para os alunos.

Sim, para os alunos com pelo menos 80% de frequência no curso.

O aluno não pode faltar mais de 20% da carga horária total.

Para as turmas abertas, até 3 (três) servidores da mesma instituição podem ser matriculados para a mesma turma.

Solicite a 2ª via de seu certificado pelo e-mail secretariaescolar@enap.gov.br.

 

 

O horário dos cursos pode variar de acordo com a carga horária. Observe o horário do seu curso no e-mail de confirmação da inscrição.

 

 

Envie um e-mail para alojamento@enap.gov.br ou ligue para (61) 2020-3212. Conheça aqui o alojamento da Enap.

 

 

Não. É necessário cancelar sua matrícula e fazer a pré-inscrição para outra turma.

Porque assim você estará dando a oportunidade para que outro colega, na lista de espera, faça o curso.

A Enap não abona faltas. Para justificar a ausência no curso, o servidor deverá encaminhar à Secretaria Escolar o atestado médico juntamente com formulário de justificativa de desistência ou não conclusão do curso. A área responsável pelo curso analisará a justificativa e poderá deferir ou indeferir o pedido.

Para solicitar uma turma exclusiva, em Brasília ou fora de Brasília, preencha o formulário, disponível no site da Enap, dentro dos cursos presenciais.

A Enap não atende os servidores do poder Legislativo, Judiciário, Conselhos Federais e Tribunais de Contas. A Escola capacita funcionários das empresas públicas que fazem parte do Orçamento Fiscal da União.

A Enap está localizada no SAIS 2 A, em Brasília-DF. O prédio da Escola fica a 15 minutos do Aeroporto Internacional de Brasília, Presidente Juscelino Kubitschek.


Especialização

A divulgação das datas para inscrição nos cursos de especialização é feita no portal da Enap. Os interessados deverão acessar periodicamente o portal, pois não há uma data fixa para lançamento dos editais. 

No momento da divulgação do curso de especialização, será indicado link para realização da inscrição no processo seletivo. 

Os documentos podem variar de acordo com o curso. Em geral, são solicitados os seguintes documentos:
 
Original e cópia do diploma de curso superior, reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC);
Original e cópia da cédula de identidade; 
Original e cópia do CPF;
Duas fotos 3x4;
Termo de Autorização da Chefia assinado;
Termo de Compromisso (pessoa física ou jurídica) assinado.

 

No edital de cada curso está prevista a forma de financiamento. Alguns cursos são inteiramente sem ônus para os alunos (quando financiados pelo órgão demandante ou pela própria Escola).

Os horários variam de acordo com o programa do curso. Uma vez que são voltados para profissionais da ativa, os cursos buscam alternar períodos noturnos e diurnos para que o profissional possa realizá-lo, ao menos em parte, fora do horário de trabalho. 

 

As regras para o processo seletivo dos cursos de especialização são estabelecidas em edital. Compõe-se, em geral, de três etapas: provas objetiva e de redação, análise curricular e entrevista. 

Em geral, os cursos de especialização são oferecidos para servidores públicos federais - em especial, os do Poder Executivo. No entanto, os pré-requisitos para participação em cada um dos cursos são divulgados em edital publicado no portal da Enap.

 

Esclarecimentos e informações sobre os cursos de especialização da Enap podem ser obtidos por meio de mensagem eletrônica para cge@enap.gov.br.

Concurso Inovação

Criado pela Enap em 1996, O Concurso Inovação na Gestão Pública Federal tem o objetivo de premiar as equipes de servidores que se dedicam a repensar atividades cotidianas, por meio de pequenas ou grandes inovações que gerem melhoria na gestão das organizações e políticas públicas, contribuindo para a eficácia e eficiência das respostas do Estado diante das demandas da sociedade.

 

Somente podem ser inscritas iniciativas desenvolvidas em órgãos e entidades do Poder Executivo Federal (ministérios, agências, autarquias, fundações, empresas públicas e sociedades de economia mista) e em organizações sociais (definidas e qualificadas apenas pelo Governo Federal, de acordo com a Lei nº 9.637/1998). As iniciativas podem envolver desde equipes de servidores, atuando em pequenas unidades administrativas, até coordenações ou setores engajados em processos de mudança.

 

Sim. O Manual do Candidato, revisado a cada edição, é preparado com o objetivo de conceder informações mais detalhadas sobre os critérios e procedimentos de inscrição, seleção e premiação do Concurso Inovação.

 

O Manual do Candidato é leitura obrigatória para se efetivar a inscrição no Concurso. Nele, constam todas as informações relativas ao preenchimento do formulário de inscrição e às etapas de realização do Concurso.

Concluída a leitura das orientações, o candidato deverá preencher todos os itens da ficha de inscrição eletrônica e clicar em “Salvar e Enviar” para cadastrar a sua iniciativa.

Um e-mail confirmando o envio da iniciativa será encaminhado para o responsável pelo preenchimento da ficha de inscrição, o responsável pela iniciativa e o superior imediato do responsável.

 

O relato deve descrever a iniciativa da forma mais detalhada possível, respeitando o limite mínimo de 18.000 e o máximo de 30.000 caracteres, a partir das instruções constantes no Manual do Candidato. São informações solicitadas no relato da iniciativa:

  • caracterização da situação anterior e identificação do problema;
  • descrição da iniciativa e da inovação;
  • concepção da inovação e do trabalho em equipe;
  • objetivos;
  • público-alvo;
  • ações e etapas de implementação;
  • descrição dos recursos financeiros, humanos, materiais e tecnológicos;
  • utilização dos recursos;
  • monitoramento e avaliação;
  • resultados quantitativos e qualitativos mensurados;
  • obstáculos encontrados e soluções adotadas;
  • fatores críticos de sucesso;
  • descrição das ações implementadas e dos resultados gerados pela iniciativa para promoção da sustentabilidade, se for o caso;
  • justificativa para a iniciativa ser considerada inovação em gestão.

É aconselhável preparar o relato antes de iniciar o preenchimento da ficha de inscrição eletrônica.

 

Sim. Iniciativas inscritas e não premiadas podem participar novamente. Contudo, é preciso observar o regulamento da edição vigente e realizar as devidas alterações, se for o caso.

 

Não há limite de integrantes da equipe e de parceiros. Todas as pessoas que participam da iniciativa inovadora podem ser incluídas.

 

Não. Para participar do Concurso Inovação, é necessário que a iniciativa tenha sido implementada há pelo menos um ano e apresente resultados mensuráveis. Assim, não são aceitos projetos, mas somente iniciativas inovadoras em gestão, praticadas na administração pública federal.

 

Na avaliação das iniciativas, são observados os seguintes critérios:

  • eficiência na utilização dos recursos;
  • grau de sustentabilidade na implementação das ações e obtenção dos resultados da iniciativa;
  • impacto dos resultados da iniciativa em relação a: resolução da situação-problema, atendimento à demanda do público-alvo ou atendimento aos direitos dos cidadãos;
  • inovação em relação a práticas anteriores (novos elementos e processos);
  • integração com outras iniciativas internas, externas ou parcerias;
  • participação e envolvimento dos servidores na mudança;
  • promoção de mecanismos de transparência, participação ou controle social.

 

O processo de seleção das iniciativas é realizado em seis etapas:

  1. Triagem interna – observação dos requisitos básicos previstos no regulamento: pertencer ao Poder Executivo Federal ou a organizações sociais, definidas e qualificadas apenas pelo Governo Federal, conforme a Lei nº 9.637/1998; estar em vigência e apresentar resultados já mensurados; contar com, no mínimo, um ano de implementação até a data de término do período de inscrição; não ter sido premiada em edições anteriores do concurso; preencher corretamente a ficha de inscrição eletrônica, em especial, o campo destinado ao relato da iniciativa.
  2. Avaliação preliminar – seleção, pelo Comitê Julgador, das 20 iniciativas finalistas a serem visitadas pelo Comitê Técnico.
  3. Visitas técnicas – visita do Comitê Técnico às 20 iniciativas finalistas para aprofundamento e averiguação presencial das informações descritas nos relatos de inscrição.
  4. Análise dos relatórios técnicos – análise, pelo Comitê Julgador, das informações levantadas pelo Comitê Técnico.
  5. Avaliação do grau de sustentabilidade – avaliação e seleção, pelo Comitê Julgador, da iniciativa destaque em sustentabilidade a ser escolhida entre as 20 finalistas.
  6. Avaliação final – seleção e classificação de até 10 iniciativas inovadoras para premiação.

 

O Comitê Técnico, composto por cerca de 10 profissionais atuantes na área de gestão pública, é responsável pela realização dessas visitas às 20 iniciativas finalistas escolhidas pelo Comitê Julgador. O objetivo é aferir presencialmente as informações descritas nos relatos de inscrição, bem como esclarecer as questões levantadas pelo Comitê Julgador. As análises realizadas subsidiam a decisão final do Comitê Julgador sobre a classificação de até 10 iniciativas vencedoras.

 

Os primeiros colocados, entre os 10 vencedores, participam de visitas técnicas a outros países para intercâmbio de conhecimentos e experiências com áreas de cooperação técnica das instituições internacionais apoiadoras do Concurso.

Além disso, também são oferecidos a todos os vencedores: assinatura de um ano da Revista do Serviço Público; seleção de publicações da Enap; certificados para os integrantes das equipes; livro publicado pela Enap com os relatos das iniciativas; divulgação das práticas no Banco de Soluções (http://inovacao.enap.gov.br) e no Repositório Institucional da Enap (http://repositorio.enap.gov.br); e Selo Inovação. O Selo Inovação é uma imagem que só pode ser utilizada pelas iniciativas premiadas em seus materiais de divulgação impressa ou eletrônica.

 

Os períodos previstos para as etapas de cada edição do Concurso Inovação são:

  1. Período de inscrição: junho a julho do ano corrente.
  2. Realização das visitas técnicas: outubro do ano corrente.
  3. Divulgação das iniciativas vencedoras: novembro do ano corrente.
  4. Evento de premiação e divulgação da classificação final: março do ano seguinte.
  5. Visitas técnicas internacionais: de maio a dezembro do ano seguinte.

O calendário pode sofrer alterações a cada edição. Consulte o portal da Enap para manter-se informado dos prazos e de outras informações do Concurso Inovação.

 

As notícias sobre as etapas e os prazos do Concurso Inovação são veiculadas nos seguintes canais:

Portal Enap – www.enap.gov.br

Facebook – https://www.facebook.com/ENAPGovBr

Twitter – https://twitter.com/EnapGovBr

Além disso, é possível cadastrar seu e-mail para receber os informes divulgados no período de inscrições. Basta enviar essa solicitação para concurso.inovacao@enap.gov.br.

 


Programa Enap em Rede

As pré-inscrições são feitas pelo site da Enap, onde o candidato deve escolher as turmas disponíveis na sua cidade ou região. A seleção é realizada pela instituição que sediará a turma e validada pela Enap por meio de mensagem eletrônica de matrícula. As turmas ofertadas no Programa Enap em Rede são gratuitas.

Após a seleção da turma, que segue critérios pré-estabelecidos pelo Programa, os candidatos selecionados e os não selecionados receberão, no prazo de 12 dias antes do início do curso, e-mail com a confirmação ou não confirmação da matrícula. Na mensagem enviada aos alunos selecionados constará o endereço e horário de realização do curso. A inscrição estará confirmada a partir do recebimento dessa mensagem.

Não há reserva de vagas, as matrículas obedecem à ordem de inscrição e a outros critérios estabelecidos previamente.

A instituição interessada em participar do Programa deverá preencher formulário próprio com a solicitação e aguardar a resposta da Enap. Esse formulário encontra-se no documento de orientações básicas do Programa Enap em Rede disponível no site da Enap.


Projetos Especiais

Cursos customizados são aqueles desenhados para atender às necessidades de formação, treinamento e aperfeiçoamento dos servidores de um determinado órgão público. São desenhados a partir de demanda específica, formulada pelo órgão demandante.


 

Qualquer órgão da administração pública federal poderá solicitar um curso customizado. Contudo, nem todos os pedidos poderão ser atendidos.

 

O órgão interessado deve entrar em contato com a Coordenação-Geral de Projetos Especiais, da Diretoria de Formação Profissional, apresentando sua necessidade de formação, treinamento e aperfeiçoamento.

 

A Enap aceita demandas de cursos de aperfeiçoamento e de pós-graduação lato sensu nas áreas de políticas públicas, planejamento, avaliação e monitoramento de programas e projetos e demais áreas da gestão governamental. Também são desenhados, sob-medida, cursos de acolhimento, para servidores ingressantes no serviço público.

 

 

O processo seletivo pode ser totalmente realizado pela Enap ou em conjunto pela Enap e órgão demandante.

 

O órgão demandante arca com as despesas do curso.

 

Como os cursos demandam estudos e pesquisa para seu desenho, além de envolverem os devidos trâmites legais, solicita-se que sejam demandados com, pelo menos, doze meses de antecedência, ao início almejado para o mesmo.

 

Os pré-requisitos de cada curso estão elencados na página correspondente ao curso.

Apenas os servidores que pertencem ao público-alvo definido pelo órgão demandante podem inscrever-se nos cursos customizados. A realização de pré-inscrição nos cursos é feita através deste sítio. Caso seja selecionado (a) para participar do curso, o próximo passo será apresentar, na Secretaria Escolar da Escola, os documentos necessários para a efetivação de sua matrícula.

 

 

Apenas os servidores que pertencem ao público-alvo definido pelo órgão demandante podem inscrever-se nos cursos customizados. A realização de pré-inscrição nos cursos é feita através deste sítio. Caso seja selecionado (a) para participar do curso, o próximo passo será apresentar, na Secretaria Escolar da Escola, os documentos necessários para a efetivação de sua matrícula.

 


Publicações

Entre as publicações Enap, destacam-se:

Revista do Serviço Público (RSP) – trata-se da primeira revista sobre gestão pública criada no País (1937). Está sob a responsabilidade da ENAP desde a criação da Escola em 1986, sendo uma das mais importantes referências em gestão pública no Brasil. Tem periodicidade trimestral, com artigos publicados com base em avaliação de pareceristas pelo sistema blind review. É publicada em meio impresso, com vendas na Escola e envio a assinantes. É também disponibilizada, em modo eletrônico, no Portal da Escola. 
 
ENAP Informa – newsletter (boletim eletrônico) mensal, distribuída a servidores da Escola, dirigentes do Poder Executivo federal e da Rede Nacional de Escolas de Governo, que aborda as principais notícias divulgadas no site da Escola ao longo do mês que findou; e traz, em sua Agenda, os principais eventos do mês que está por iniciar: cursos, palestras, visitas internacionais, prêmios, entre outros.
 
Boletim Bibliográfico - publicação eletrônica de periodicidade bimestral produzida pela Biblioteca Graciliano Ramos da ENAP, foca num tema relevante de gestão pública em cada número, fornecendo amplas referências de publicações impressas e eletrônicas disponíveis no acervo da Biblioteca. Distribuída para mala direta de dirigentes públicos, escolas e bibliotecas. 
 
Cadernos ENAP – publicação de periodicidade não regular que visa a divulgar relatórios de pesquisa e ensaios sobre temas voltados à gestão pública. Pode ser composto de traduções de materiais de interesse de escolas estrangeiras parceiras, produção da equipe de pesquisa da ENAP ou de materiais sob encomenda. É uma publicação em meio impresso e eletrônico; algumas das edições, a critério da Comissão Editorial, possuem apenas a edição eletrônica.
 
Ações premiadas no Concurso Inovação na Gestão Pública Federal – livro publicado anualmente, contendo o relato das iniciativas premiadas no Concurso. O livro tem distribuição impressa e também, versão eletrônica. 
 
Coletâneas – livros com ensaios e artigos diversos, focados em temas prioritários de gestão pública, que servem como material didático para os eventos formativos da Escola e também contribuem para a disseminação do conhecimento em gestão nas escolas de administração pública do País. Edições impressas e eletrônicas, quando assim o permitem as regras de direito autoral.
 
Livros, cadernos, cartilhas e folhetos - editados com aprovação do Conselho Editorial da ENAP que atendem a diferenciados objetivos relacionados à disseminação do conhecimento em gestão ou da divulgação institucional da Escola, assim como atendimento a parcerias estabelecidas com órgãos públicos. 

A Revista do Serviço Público, editada pela Enap, publica artigos inéditos sobre temas relacionados a Estado e Sociedade, Políticas Públicas e Gestão Pública. Os artigos passam por análise prévia de adequação pela editoria da revista e posterior avaliação de dois ou três pareceristas por meio do sistema blind review.

Para mais informações sobre o periódico e o processo de submissão de artigos, acesse o site próprio da Revista.

 

Caso você prefira, além do download gratuito da Revista do Serviço Público, você pode adquiri-la, preenchendo nosso cartão de aquisição (Cartão de Aquisição) e escolhendo uma das formas a seguir para efetuar o pagamento, quando necessário, referente a sua aquisição.

1. Nas agências do Banco do Brasil:

• Compareça ao caixa e solicite o depósito do valor das publicações na Conta Única do Tesouro Nacional, informe seu CPF ou o CNPJ de sua instituição e o código identificador da Enap: 11470211401288187.

• Posteriormente, encaminhe o comprovante de depósito juntamente com o Cartão de Aquisição para a Enap

2. No sítio do Banco do Brasil, por meio de transferência entre contas correntes (para clientes do Banco do Brasil):

• Acesse sua conta;

• Na guia Transferências, clique em para Conta Única do Tesouro;

• Digite o valor total das publicações solicitadas;

• No campo UG Gestão finalidade, digite o código identificador: 11470211401288187;

• No campo CPF/CNPJ, digite o seu CPF ou o CNPJ de sua instituição;

• Em seguida, prossiga com a transação normalmente, como se fosse uma transferência comum entre contas correntes;

• Imprima o comprovante e encaminhe-o para a Enap juntamente com o Cartão de Aquisição.

3. Nos terminais de Auto-Atendimento do Banco do Brasil (para clientes do Banco do Brasil):

• Na tela principal, selecione a opção Transferência;

• Na próxima tela, selecione a opção conta corrente para Conta Única do Tesouro;

• Na próxima tela, selecione a opção conta corrente para Conta Única do Tesouro;

• Na próxima tela, digite no campo Identificador 1 o código 1147021140128818-7 e no campo Identificador 2 o seu CPF ou o CNPJ de sua instituição;

• Prossiga normalmente com a transação, como uma transferência comum;

• Encaminhe posteriormente o comprovante de transferência juntamente com o Cartão de Aquisição para a Enap.

4. Via emissão da Guia de Recolhimento da União (GRU) Simples: Enviar por fax ou pelos Correios, a GRU Simples paga no Banco do Brasil com o valor das publicações. Tome nota das informações necessárias para impressão da GRU:

• Unidade Favorecida - (UG): 114702;

• Gestão: 11401 (O nome da unidade aparecerá automaticamente);

• Recolhimento - Código: 28818-7 (A descrição do recolhimento aparecerá automaticamente);

• Número de referência: 2009;

• Competência: deve ser preenchida com o mês e ano em que você está realizando a compra;

• Vencimento: deve ser preenchido com a data em que você efetuará o pagamento;

• CNPJ ou CPF: preencher com os dados do comprador;

• Nome do contribuinte: preencher com o nome do comprador;

• Valor principal: preencher com o valor total das publicações que serão adquiridas;

• Descontos/abatimentos, outras deduções, Mora/Multa, Juros/Encargos, outros acréscimos: deixar todos em branco;

• Valor total: preencher com o valor total das publicações que serão adquiridas;

• Para finalizar, clique em Emitir GRU Simples e imprima-a. Acesse aqui a página da Secretaria do Tesouro Nacional para preenchimento e impressão da GRU;

• Encaminhe posteriormente o comprovante da GRU juntamente com o Cartão de Aquisição para a Enap.

5. Enviar, por fax ou pelos Correios, nota de empenho, com a descrição das publicações solicitadas, em nome de Enap Escola Nacional de Administração Pública, Unidade Gestora (UG): 114702, Gestão: 11401, Conta Corrente 170.500-8, Agência 1607-1, Banco do Brasil.

Enap - Escola Nacional de Administração Pública
CNPJ: 00.627.612/0001-09
Diretoria de Comunicação e Pesquisa
Tel: (61) 2020-3072 / (61) 2020-3415
Fax: (61) 2020-3178

 

Ao selecionar a opção "Download de Publicações" (www.enap.gov.br em Publicações), clique na publicação desejada para fazer o donwload. Ele é gratuito e não precisa de cadastro.

 

Caso a publicação pretendida não ofereça a opção de download gratuito, você pode adquiri-la, preenchendo nosso cartão de aquisição (Cartão de Aquisição) e efetuando o pagamento, quando necessário, referente a sua aquisição.

- Para aquisição, servidor público tem desconto?
Em regra, 10%. Se em curso na Enap, 30%. Descontos especiais para: Coletâneas de Planejamento e Orçamento - R$ 50,00, Coletâneas de Políticas Públicas - R$ 50,00; Coletânea da Administração Pública - R$ 50,00 cada; e Livro Gestão Social: R$ 40,00.

- Como comprar publicações da Enap estando em outro estado?
Para comprar publicações em outro estado enviar e-mail para publicacoes@enap.gov.br.

- Como comprar publicações da Enap em Brasília?
Visite-nos em nossa Livraria ou consulte nossos títulos na Biblioteca Graciliano Ramos (Enap, Setor de Áreas Isoladas Sul, SAIS, área 2A, térreo).

- A publicação indica “esgotada”. Como saber se haverá nova edição?
Alguns livros sob-regras de limitação de tiragem e direito autoral não poderiam ser reeditados. Enviar sugestão de reimpressão para publicacoes@enap.gov.br. Títulos esgotados são indisponíveis ara venda.

- Como pesquisar os livros da Enap por assunto? 

É possível encontrar dentro do sítio da Enap artigos ou livros por palavra-chave na caixa em branco “Pesquisar...”. O link encontra-se à direita acima na Página da Enap, ao lado do link Fale Conosco. Podem ser encontrados por assunto, palavra chave ou autor, artigos ou conteúdos de livros da Enap, assim como palestras, cursos e eventos em geral realizados na Escola.

- Como comprar publicações por boleto de cobrança (Guia de Recolhimento da União)?
Ao entrar em www.enap.gov.br em Publicações, selecionar a opção “Como adquirir Publicações da Enap”, receberá orientações para o pagamento da aquisição com uma das formas a seguir:

1. Nas agências do Banco do Brasil:

• Compareça ao caixa e solicite o depósito do valor das publicações na Conta Única do Tesouro Nacional, informe seu CPF ou o CNPJ de sua instituição e o código identificador da Enap: 11470211401288187.

• Posteriormente, encaminhe o comprovante de depósito juntamente com o Cartão de Aquisição para a Enap

2. No sítio do Banco do Brasil, por meio de transferência entre contas correntes (para clientes do Banco do Brasil):

• Acesse sua conta;

• Na guia Transferências, clique em para Conta Única do Tesouro;

• Digite o valor total das publicações solicitadas;

• No campo UG Gestão finalidade, digite o código identificador: 11470211401288187;

• No campo CPF/CNPJ, digite o seu CPF ou o CNPJ de sua instituição;

• Em seguida, prossiga com a transação normalmente, como se fosse uma transferência comum entre contas correntes;

• Imprima o comprovante e encaminhe-o para a Enap juntamente com o Cartão de Aquisição.

3. Nos terminais de Auto-Atendimento do Banco do Brasil (para clientes do Banco do Brasil):

• Na tela principal, selecione a opção Transferência;

• Na próxima tela, selecione a opção conta corrente para Conta Única do Tesouro;

• Na próxima tela, selecione a opção conta corrente para Conta Única do Tesouro;

• Na próxima tela, digite no campo Identificador 1 o código 1147021140128818-7 e no campo Identificador 2 o seu CPF ou o CNPJ de sua instituição;

• Prossiga normalmente com a transação, como uma transferência comum;

• Encaminhe posteriormente o comprovante de transferência juntamente com o Cartão de Aquisição para a Enap.

4. Via emissão da Guia de Recolhimento da União - GRU Simples: Enviar por fax ou pelos Correios, a GRU Simples paga no Banco do Brasil com o valor das publicações. Tome nota das informações necessárias para impressão da GRU:

• Unidade Favorecida - (UG): 114702;

• Gestão: 11401 (O nome da unidade aparecerá automaticamente);

• Recolhimento - Código: 28818-7 (A descrição do recolhimento aparecerá automaticamente);

• Número de referência: 2009;

• Competência: deve ser preenchida com o mês e ano em que você está realizando a compra;

• Vencimento: deve ser preenchido com a data em que você efetuará o pagamento;

• CNPJ ou CPF: preencher com os dados do comprador;

• Nome do contribuinte: preencher com o nome do comprador;

• Valor principal: preencher com o valor total das publicações que serão adquiridas;

• Descontos/abatimentos, outras deduções, Mora/Multa, Juros/Encargos, outros acréscimos: deixar todos em branco;

• Valor total: preencher com o valor total das publicações que serão adquiridas;

• Para finalizar, clique em Emitir GRU Simples e imprima-a. Acesse aqui a página da Secretaria do Tesouro Nacional para preenchimento e impressão da GRU;

• Encaminhe posteriormente o comprovante da GRU juntamente com o Cartão de Aquisição para a Enap.

5. Enviar, por fax ou pelos Correios, nota de empenho, com a descrição das publicações solicitadas, em nome de Enap Escola Nacional de Administração Pública, Unidade Gestora (UG): 114702, Gestão: 11401, Conta Corrente 170.500-8, Agência 1607-1, Banco do Brasil.

Enap - Escola Nacional de Administração Pública
CNPJ: 00.627.612/0001-09
Diretoria de Comunicação e Pesquisa
Tel: (61) 2020-3072 / (61) 2020-3415
Fax: (61) 2020-3178

 


Assessoria de Cooperação Internacional (ACI)

A Assessoria de Cooperação Internacional (ACI) é um setor de assistência direta e imediata à Presidência da Escola Nacional de Administração Pública. Conforme o Estatuto da Escola, compete à ACI as atividades relativas ao intercâmbio e à cooperação técnica com entidades no exterior. A cooperação internacional da Enap visa à qualificação e ao aperfeiçoamento do quadro técnico da Escola, à oferta de produtos e serviços inovadores em gestão pública, à formação de servidores públicos e ao desenvolvimento de dirigentes e gerentes estratégicos. Nos últimos anos, conforme orientação da política de cooperação do governo brasileiro, a ACI tem se engajado em projetos de cooperação técnica com países em desenvolvimento, que buscam envolver atividades de todas as áreas da Enap.

 

Para saber sobre projetos e/ou atividades de cooperação internacional da Escola, envie mensagem para aci@enap.gov.br.


 

Sim, a Enap possui vários projetos de cooperação e parcerias com entidades nacionais e internacionais. Mais informações sobre os projetos internacionais podem ser obtidas no portal da Escola, no link Cooperação Internacional.


 

A Enap organiza eventos internacionais abertos (dirigidos ao público em geral) e outros específicos, feitos sob demanda (no contexto de projetos e/ou acordos internacionais).


 

Para os eventos abertos, há duas formas de divulgação: por meio da página da Enap ou por mensagem-convite, na qual consta um link ou formulário para inscrição em cada evento. Para as atividades organizadas sob demanda, os convites são dirigidos somente aos interessados com as instruções próprias para inscrição.

Para fazer parte da mala direta e receber mensagens sobre eventos internacionais abertos promovidos pela Enap, envie um e-mail para aci@enap.gov.br, indicando nome, instituição e cargo.

O processo de inscrição em alguns eventos internacionais, promovidos por outras escolas ou institutos internacionais, mesmo que realizado nas dependências da Enap, é de responsabilidade dos próprios organizadores.


 

Sim, qualquer cidadão pode participar dos eventos abertos. Para os eventos organizados sob demanda, os convites são dirigidos somente aos interessados com as instruções próprias para inscrição.


 

Os estrangeiros que não possuam CPF podem informar um e-mail pessoal ou corporativo válido e preencher os dados do formulário indicado para se inscrever.

 

Enviar e-mail para aci@enap.gov.br, informando seu nome, o nome do curso e a data de realização.

 


Biblioteca

A qualquer pessoa é permitido o acesso à Biblioteca e ao seu acervo, desde que devidamente identificada, nos dias e horários de atendimento.

 

O horário de atendimento da Biblioteca é de segunda-feira a sexta-feira, das 9h às 21h.

 

Podem se inscrever como usuários plenos da Biblioteca Graciliano Ramos, aptos a retirar obras por empréstimo, os servidores públicos ativos e inativos, professores universitários e pesquisadores residentes no Distrito Federal. Alunos dos cursos da Enap com duração superior a 30 dias mesmo que provenientes de outros estados poderão se inscrever como usuários plenos. Neste caso, o empréstimo de obras será autorizado apenas no período de duração do curso, devendo ser interrompido sete dias antes do término das aulas. Estagiários da Enap poderão se inscrever como usuários plenos da Biblioteca somente no período do estágio e terão os serviços de empréstimos interrompidos sete dias antes do término. As bibliotecas do Distrito Federal poderão se inscrever como usuárias desde que haja reciprocidade com a Biblioteca Graciliano Ramos. É obrigatória a apresentação de ofício para solicitação de empréstimo.

 

Os meios de contato são o telefone (61) 2020-3139, o fax: (61) 2020-3156 e o e-mail biblioteca@enap.gov.br.

 

Não. É vedada a inscrição, como usuários plenos, de empregados de empresas prestadoras de serviços terceirizados.

 

A inscrição de usuário somente será feita no Setor de Empréstimo, mediante apresentação dos seguintes documentos originais:


1. Carteira de Identidade ou outro documento de identificação admitido pela legislação;

2. CPF;

3. Comprovante de residência;

4. Carteira funcional ou qualquer documento apto a comprovar que o usuário é servidor público (somente para servidores);

5. Cópia do contrato de estágio e autorização da Coordenação (somente para estagiários da Enap);

6. Declaração da faculdade, universidade ou da instituição de ensino (para professores e pesquisadores);

7. Ofício de solicitação de cadastro (para bibliotecas no Distrito Federal);

8. Uma foto 3x4 recente. A falta de qualquer um dos itens mencionados acima impossibilitará a inscrição do usuário na Biblioteca.

 

Não. Em razão de suas peculiaridades, o empréstimo das obras de referência, obras de consulta, periódicos e determinadas obras do acervo geral indicadas pela Coordenação da Biblioteca é impossibilitado. Essas estão disponíveis somente para consulta nas dependências da Biblioteca.

 

Sim. O usuário pode retirar, por empréstimo, até cinco publicações pelo prazo máximo de dez dias úteis.

 

Não. O empréstimo só será realizado na presença do usuário cadastrado e com a apresentação da carteira de identificação de usuário da Biblioteca ou documento pessoal com foto; É vedado o empréstimo realizado por terceiros, mesmo com a apresentação dos documentos do titular.

 

Sim. As publicações podem ser renovadas por igual período, desde que não haja pedido de reserva feito por outro usuário, nas seguintes formas:


1. Diretamente no Setor de Empréstimo;

2. Pelo próprio usuário na página da Biblioteca por meio de senha pessoal;

3. Por e-mail para biblioteca@enap.gov.br desde que enviado até a data de vencimento, no horário de atendimento da Biblioteca. Após duas renovações consecutivas o sistema de empréstimo bloqueará automaticamente o acesso a outras renovações. Caso seja de interesse do usuário continuar com as publicações emprestadas, deverá comparecer à Biblioteca com o material, efetuar a devolução e realizar novo empréstimo.

 

Sim. Não é permitida a renovação de publicações:

1. Por terceiros, mesmo apresentando os documentos do titular;

2. Com prazo de devolução vencido;

3. Por telefone.

 

Sim. Será cobrada uma multa por dia útil e por obra, a partir do primeiro dia de atraso.

 

As multas serão pagas no Banco do Brasil por meio da Guia de Recolhimento da União (GRU), que será emitida pela Biblioteca.

 

O usuário que não efetuar o pagamento da multa terá o cadastro suspenso e não poderá utilizar os serviços de empréstimo.

 

Não. É proibido o pagamento de multas diretamente à Biblioteca, salvo em caso de greve no sistema bancário. Nesse caso, será emitido comprovante de pagamento pela própria Biblioteca.

 

O usuário é responsável pela integridade do material emprestado ou consultado na Biblioteca e, em caso de extravio ou dano, terá de repor outro exemplar idêntico no prazo de 30 dias corridos, para as publicações nacionais, e de 60 dias corridos, para as internacionais. O usuário deverá comunicar por escrito o extravio ou dano da obra à Coordenação da Biblioteca para que a multa por atraso na devolução seja interrompida, cabendo a reposição da obra dentro do prazo estipulado; O usuário que não comunicar por escrito o extravio ou dano da obra terá a multa computada a partir do primeiro dia de atraso, até a reposição da obra; Em se tratando de publicação esgotada, a obra a ser reposta poderá ser substituída por outra de valor e interesse equivalentes, a critério da Coordenação da Biblioteca.

 

A consulta ao acervo pode ser feito diretamente na Biblioteca e no sítio da Enap, seja pelo link Biblioteca Graciliano Ramos ou pelo endereço http://biblioteca.enap.gov.br.

 

Não. O acesso aos terminais de pesquisa é restrito aos usuários devidamente cadastrados na Biblioteca e aos alunos em curso na Enap, desde que identificados com crachá.

 

As doações podem ser feitas diretamente no balcão de empréstimo da Biblioteca.

 

Todo o material doado passará por uma avaliação e se estiver de acordo com a Política de Desenvolvimento de Coleção adotada pela Biblioteca, fará parte do acervo. Caso não esteja, será doado para outra biblioteca.

 

Não. A reprodução dos documentos bibliográficos do acervo é permitida, desde que não acarrete danos aos documentos e que esteja de acordo com a Lei de Direitos Autorais (Lei nº 9.610, de 19/02/98), sendo permitida uma única cópia nos seguintes casos:

1. Trechos de livros e similares;

2. Artigos de periódicos.

 


Casoteca de Gestão Pública

A Casoteca é um sítio que reúne estudos de caso. Os casos são de acesso gratuito e pretendem estimular o uso de técnicas inovadoras para o ensino, cobrindo temas como ética, políticas públicas, diversidade, gestão de programas e projetos, inovação e outros. Todos são ferramentas de aprendizagem com potencial para transferência de conhecimentos e habilidades para estudantes, profissionais do setor público e pesquisadores, com foco em problema ou desafio, seja para superá-lo, seja para documentar os esforços feitos para suplantá-lo.

 

Aqui adotamos uma definição ampla de estudos de caso, que engloba casos, jogos e simulações com finalidade de aplicação em sala de aula, em que os alunos assumem papéis, preparam e tomam decisões, bem como casos que servem para relatar práticas e experiências no setor público visando à disseminação de aprendizagem organizacional.

Os casos disponíveis na Casoteca foram elaborados pela Coordenação-Geral de Pesquisa da Enap, pelos nossos professores colaboradores e por diversas instituições nacionais e internacionais. Alguns casos foram cedidos e traduzidos no âmbito do Projeto de Cooperação Brasil-Canadá “Desenvolvimento de Capacidade de Governança”.

 

Trata-se de um documento propositivo com indicação de possíveis usos do material em sala de aula, visando a facilitar sua difusão como método de ensino. O seu acesso é restrito a professores cadastrados.


 

A Casoteca está aberta a todos que desejem submeter seus casos. Confira a sessão Submeta seu caso para mais informações.

 


Não encontrou resposta para sua dúvida?

Fale com a Enap