Notícias

« Voltar

Lançamento do aplicativo Empurrando Juntos é realizado na Enap

Lançamento do aplicativo Empurrando Juntos é realizado na Enap

Por: Ascom

Publicação: 13/06/2018 | 19:13

Última modificação: 13/06/2018 | 19:29

O GNPapo – Conversa com inovadores de 2018, promoveu, nesta quarta-feira (13), o lançamento do aplicativo Empurrando Juntos (EJ): como dialogar e saber os desejos da sociedade sem a polarização e manipulação das mídias sociais, apresentado pelo bolsista da Escola Nacional de Administração Pública (Enap) no Programa Cátedras Brasil – Inovação e desenvolvedor da plataforma. A atividade foi organizada pelo GNova, laboratório de inovação da Escola.

O EJ é um aplicativo digital para organizações sociais e governos realizarem consultas e deliberações participativas, sem os riscos das bolhas de opinião e da manipulação das mídias sociais. A partir de tecnologias de inteligência artificial e gameficação, o aplicativo oferece uma poderosa ferramenta de diálogo e escuta para governos entenderem os interesses e desejos de diferentes grupos sociais e ter as informações corretas para tomar decisões.

Na abertura do debate, o Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental (EPPGG), Manuel Ruas, destacou essa edição do GNPapo como sendo "muito especial, por estar dialogando sobre o aplicativo Empurrando Juntos, criado por meio da bolsa de pesquisa que foi concedida pela Enap através do Programa Cátedras Brasil, que visa fomentar a criação de protótipos voltados para a solução de problemas públicos".

Em seguida, Henrique Parra, cientista social e diretor executivo do Instituto Cidade Democrática, realizou uma apresentação inaugural sobre o tema Como dialogar e saber os desejos da sociedade sem a polarização e manipulação das mídias sociais.

Em sua participação, Henrique destacou que não é fácil pensar soluções para o poder público: "Sem vergonha de falar isso, nos 10 anos de Cidade Democrática, nós erramos muitas vezes quando propomos e pensamos soluções de tecnologia para participação de uso de governo". "Quando a gente conheceu o GNova, o laboratório de inovação da Enap, e começamos essa parceria, esse relacionamento com toda a equipe, para a gente foi um dos principais incentivos e estímulos naquele momento. Percebemos que essa trajetória de construção do Empurrando Juntos poderia ser diferente, no sentido de errar menos e produzir valor para o estado brasileiro", continuou.

Segundo ele, durante o desenvolvimento da plataforma digital, se destacou a flexibilidade da Enap de aceitar, concordar e apostar em formatos diferentes. "Ao longo de todo o processo, foi muito importante o GNova e a Enap serem tão parceiros, se desafiar para a gente construir esse protótipo", afirmou.

Ainda de acordo com Henrique, o protótipo do Empurrando Juntos (EJ) busca identificar se está trazendo soluções, buscando a resposta de quatro problemas: "é muito caro para o governo desenvolver uma tecnologia de participação social; as mídias sociais manipulam, prejudicam a democracia e polarizam a sociedade; as tecnologias cívicas não conseguiram se tornar ferramentas eficazes para um público de participantes que não é engajado, que não tem muito tempo disponível, que não tem conhecimento prévio; e o quarto problema é a soma dos três, pois torna difícil para o gestor público obter informações da sociedade na hora de formular, avaliar e corrigir políticas públicas.

De acordo com o cientista social, o EJ tem o potencial para ser a solução para esses problemas. "Ainda não podemos afirmar isso completamente. Ainda precisamos ter confiança para poder falar isso de verdade, e só iremos conseguir isso quando o aplicativo for usado com gestores, com especialistas, com pessoas que entendem o estado brasileiro e a gestão pública, e foi para isso que a gente veio hoje", concluiu.

A atividade continuou com um intervalo dinâmico, através da participação dos presentes para acessar e testar o aplicativo EJ pelo celular. Durante o exercício, Henrique apresentou e instruiu as formas de uso, como: desenvolver opiniões; visualizar comentários de outras pessoas; participar de conversas de diferentes temas; atualizar a página; entre outras funcionalidades.

Ricardo Poppi, cientista político e diretor de Tecnologia do Instituto Cidade Democrática, "um dos principais valores dessa dinâmica está na possibilidade do aprimoramento através da participação do público, como um protótipo em pleno desenvolvimento". Após o envolvimento dos presentes na utilização do aplicativo, Ricardo realizou uma análise dos resultados dos debates realizados.

Ao final da atividade, o diretor de Inovação e Gestão do Conhecimento da Enap, Guilherme de Almeida, frisou a importância da qualidade de construção coletiva que foi desenvolvida no encontro, através do debate dinâmico, na recuperação de conversa com múltiplas vozes. "Saímos daqui não só com gratidão, mas também com um sinal de esperança, de confiança no poder da comunidade da transformação". "Acho que esse foi um dos mais colaborativos e comunitários GNPapos que já tivemos", concluiu.

Para conhecer o aplicativo acesse - https://ejplatform.org.